33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 12:54 pm

Gamers do AC criam time de Free Fire para participar de competições nacionais: “Ajudar pessoas a realizar sonhos”

O grupo NOGZ possui mais de 2 mil seguidores no Instagram e reúne mais de 30 gamers que sonham em levar o AC a um patamar de reconhecimento nacional através das competições

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Última atualização em 17/09/2021 10:49

“Nosso sonho é em ver os jogadores vencendo na vida e podendo receber um salário bom para sustentar a casa”. Assim disse Eduardo Medeiros, membro da organização acreana de jogos eletrônicos “NOGZ”. Este time de Free Fire, que foi criado em fevereiro de 2021, nasceu com o intuito de participar e representar o Acre em campeonatos oficiais da Garena, que é a desenvolvedora do jogo.

O fundador deste grupo, por sua vez, é o jovem Jhon Weslley, acreano de 17 anos nascido em Rio Branco e criado no município do Bujari. Segundo o líder do NOGZ, que conta com uma equipe de cinco pessoas, o sonho começou a se tornar realidade quando viu que seria possível crescer no ambiente dos games e colocar em destaque a região Norte do país.

“Ao passar dos meses, decidimos profissionalizar a organização como uma empresa de jogos eletrônicos que poderíamos ajudar pessoas a realizar sonhos através de campeonatos competitivos ou até mesmo fazendo lives, disputando níveis difíceis para se tornar um representante do time visível no estado”, disse.

O grupo NOGZ possui mais de 2 mil seguidores no Instagram. Foto: Divulgação

ESFORÇO

Quem auxilia o líder de forma direta é o próprio Eduardo Medeiros, de 25 anos, que também sonha em crescer representando a NOGZ. O rapaz organiza eventos, coordena as redes sociais que possuem mais de 2 mil seguidores, e planeja anúncios para pôr o time ainda mais em destaque e angariar mais jogadores.

Atualmente, o grupo possui mais de 30 jogadores, entre streamers e influenciadores que representam o time em campeonatos, inclusive nos oficiais da Garena, tais como a “Liga LBR” e o campeonato do DJ Alok, o “Alok GameChanger”.

“São campeonatos super difíceis de serem disputados, mas os jogadores têm dado o melhor para que um dia realizem o sonho de jogar a tão sonhada LBFF que é o campeonato mais assistido em jogos eletrônicos. Se a pessoa é esforçada, é talentosa no que faz, a NOGZ traz essas pessoas para somar junto”, complementou, dizendo que tudo tem um preparo para campeonatos grandes e lives.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.