34.4 C
Rio Branco
13 outubro 2021 6:59 pm

Jovem encontrada em cova rasa pode ter sido vítima de facção criminosa

Genagila teria sido sequestrada em Cruzeiro do Sul e morta por um homem identificado como Gleisson

POR ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET

Última atualização em 19/09/2021 23:22

A jovem Genagila Nascimento de Lima, de 26 anos, que estava desaparecida desde a última sexta-feira (17), teve o corpo encontrado por familiares em uma cova rasa no final da manhã deste domingo (19), no ramal do Chaparral, zona rural do município de Mâncio Lima, no interior do Acre.

Segundo informações da polícia, Genagila era moradora do bairro do Remanso, em Cruzeiro do Sul, e teria recebido um telefonema de uma pessoa desconhecida no início da tarde da última sexta-feira (17), onde essa pessoa teria chamado ela para buscar um dinheiro no bairro Cumaru, na mesma cidade. Desde então Genágila não teria sido mais vista, nem por amigos e nem por familiares.

Na manhã deste domingo, populares acabaram encontrando o corpo da jovem em uma cova rasa próximo a um açude, já no município de Mâncio Lima. O pai da vítima foi chamado e confirmou que o corpo se tratava da filha dele.

O homem acusado de sequestrar e matar jovem de 26 anos

Policiais Militares foram acionados e estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos da perícia criminal. O corpo foi removido por agentes do Instituto Médico Legal (IML) e levado para a sede em Cruzeiro do Sul, onde passará por exames cadavéricos.

Ainda segundo informações da polícia, Genagila foi sequestrada em Cruzeiro do Sul e morta por um homem identificado como Gleisson Souza Nascimento, vulgo “Pico”, que é monitorado por tornozeleira eletrônica.

As primeiras diligências apontam que “Pico” roubou uma motocicleta e rompeu a tornozeleira eletrônica antes de cometer o crime, e a motivação seria que a jovem teria um relacionamento extraconjugal com membro de facção criminosa, sendo que ela é casada com um homem que se encontra preso no Presídio de Cruzeiro do Sul, ou seja, a ordem de execução da vítima teria partido da Unidade Prisional.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.