30.1 C
Rio Branco
13 outubro 2021 10:37 pm

Jovem que teve 90% queimado após explosão precisa de ajudar para realizar tratamento no AC

Sem a documentação, os órgãos de assistência social das prefeituras vêm criando dificuldades para ajudar a família, mesmo com todo o desespero

POR TIÃO MAIA, PARA O CONTILNET

Última atualização em 17/09/2021 16:56

O trabalhador rural Josué de Souza Amaral, de apenas 19 anos, que teve mais de 90% do corpo queimado num acidente doméstico no início da semana na região do Ramal do Hawai, entre os limites dos municípios de Rodrigues Alves e Mâncio Lima, no Vale do Juruá, está precisando de ajuda para fazer o tratamento em Rio Branco, onde haveria melhores condições de atendimento.

O acidente aconteceu numa residência que não dispõe de energia elétrica e a iluminação era feita com lamparinas. Como o rapaz não foi avisado de que em um dos cômodos guardava gasolina, entrou no local com a lamparina acesa e a explosão foi inevitável.

O rapaz mora com os pais na residência, a qual foi totalmente destruída. Sua mãe, dona Ionêda Maria Silva, vem pedindo socorro dos órgãos públicos, das prefeituras dos dois municípios e do Governo do Estado, para poder trazer o filho para Rio Branco. Um dos problemas para o embarque foi a perda dos documentos do rapaz, no incêndio.

Sem a documentação, os órgãos de assistência social das prefeituras vêm criando dificuldades para ajudar a família, mesmo com todo o desespero.

A professora Camila Melo, moradora de Mâncio Lima, que leciona próximo ao local do incêndio se prontificou a auxiliar a família de agricultores. “Nós conseguimos o espelho da identidade da vítima com a Polícia Civil de Mâncio Lima e agora estamos em campanhas nas redes sociais para arrecadar dinheiro para que esta família possa viajar para Rio Branco e continuar o tratamento da vítima”, disse Camila.

A professora disse ainda que, embora os moradores sejam de Rodrigues Alves, a assistência social da prefeitura de Mâncio Lima se prontificou em ajudá-los, mas até agora não o fez. “A família perdeu tudo no incêndio, e precisa do apoio do Poder público e da solidariedade das pessoas”, disse.

A conta da mãe da vítima está disponível para qualquer ajuda em dinheiro: agência: 4128-9 / Conta: 11.777-3 (Banco do Brasil) em nome de Ionêda Maria Silva de Souza.
Qualquer doação de donativos pode ser entregue nos seguintes endereços:

No CRAS com a Adriene, em Mâncio Lima;
Na Vigilância Sanitária com a Alessa, em Mâncio Lima;
No Projeto Rondon com Camila Melo, em Cruzeiro do Sul (Tel. 68 9 9948 – 3885).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.