34.3 C
Rio Branco
23 setembro 2021 3:41 pm

Livro sobre Pedagogia Jurídica traz capítulo da atuação do Tribunal de Justiça do Acre

Obra traz o relato de experiência escrito pela servidora, que foi a primeira empossada no Judiciário acreano como pedagoga

POR ASSESSORIA TJAC

Última atualização em 14/09/2021 15:43

Exemplares do livro “Pedagogia Jurídica no Brasil: questões técnicas e práticas de um campo em construção”, que traz um capítulo relatando a experiência do trabalho desse profissional no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), foram entregues a desembargadora-presidente, Waldirene Cordeiro e a Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud), nesta terça-feira, 14, pela servidora e pedagoga da Justiça do Acre Alessandra Gonçalves.

Com a obra procura-se apresentar como a área essencial na formação humana está inserida nos serviços jurídicos. Afinal, o Judiciário precisa de diversos profissionais para decidir sobre questões que trazem impactos na vida e na sociedade. Motoristas, contadores, psicólogos, assistentes sociais, especialistas para emitirem pareceres e, entre uma lista diversa de habilidades, pessoas da área de pedagogia. Pedagogos e pedagogas podem desenvolver projetos sociais, auxiliar na gestão educacional, e, como no caso da primeira profissional da área no TJAC, junto as varas das infâncias e juventude.

Para a pedagoga Alessandra Gonçalves o livro mostra os caminhos adotados e auxilia na formação dos profissionais dessa área. Foto: Assessoria

O livro, lançado no dia 31 de agosto, tem 24 capítulos e é organizado por três profissionais: Maria Gerlaine Belchior Amaral, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), José Leonardo Rolim de Lima Severo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Talita Medeiros de Araújo do Tribunal de Justiça paraibano (TJAPB).

Os textos refletem sobre as práticas, desafios e caminhos a serem trilhados por pessoas com essa habilitação acadêmica junto aos órgãos de Justiça. Além do relato de experiência do Judiciário acreano, a publicação tem contribuições de profissionais de outros seis tribunais brasileiros Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, assim como, textos de pesquisadores de universidades brasileiras.

Ao receber o livro, a presidente do TJAC parabenizou a servidora e agradeceu pelo trabalho e empenho com a promoção da Justiça. “É importante a atuação de outros profissionais para a prestação jurisdicional e essa obra mostrando como a Pedagogia está inserida nos nossos serviços é um caminho também para conhecimento, aperfeiçoamento e diálogo com outras instituições. Parabéns pelo trabalho e dedicação”, disse a desembargadora.

Para a pedagoga Alessandra Gonçalves o livro mostra os caminhos adotados e auxilia na formação dos profissionais dessa área. “Com o texto procurei apresentar como foi realizada a inserção da pedagogia na rotina de serviços do Tribunal de Justiça do Acre dentro das varas das infância e juventude. Ter uma pedagoga na unidade colaborou com as melhorias dos serviços jurisdicionais”, comentou a servidora.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.