34.3 C
Rio Branco
23 setembro 2021 4:16 pm

Terremoto de magnitude 4.8 balança cidades no Amazonas e Acre

Tremor teve epicentro em Atalaia do Norte, no Amazonas, e foi sentido em Cruzeiro do Sul

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 09/09/2021 19:43

A terra tremeu em Cruzeiro do Sul e em municípios das adjacências, no Vale do Juruá, na noite de quarta (8), informou a Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), localizada em Brasíia (DF). O epicentro do tremor, de magnitude 4.8, foi registrado no município de Atalaia do Norte, interior do Estado do Amazonas, e reverberou por toda a região do Juruá, no Acre.

Dados do monitoramento indicam que o evento ocorreu às 22h14 (horário de Brasília), em uma profundidade de 15 quilômetros. O abalo é de magnitude considerada mediana para os níveis do Brasil. Foi registrado pelas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e confirmado pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM).

“O evento sísmico ocorreu em uma região de baixa densidade populacional. Assim, não temos muitos relatos de que foi sentido na região. As cidades mais próximas do epicentro são Mâncio Lima (AC) e Cruzeiro do Sul (AC)”, disse o geofísico Marcos Ferreira do CPRM.

Ferreira observou ainda que os eventos dessa região costumam ser resultado das atividades da placa de Nazca. Contudo, em geral, são muito mais profundos que o último, em torno de 500 a 600 quilômetros.

Em janeiro deste ano, construções de Manaus foram afetadas pelo reflexo de um terremoto de magnitude 5,7 na Guiana. Moradores de prédio relataram medo.

Em abril, um tremor de terra de magnitude 4,7 foi registrado em Barcelos (AM). O abalo foi sentido também em Manaus, mas não houve relatos de danos ou feridos.

Desde 2010, cerca de 40 sismos com magnitude acima de 3,0 foram registrados nos estados do Amazonas, Amapá e Roraima. O fenômeno não foi sentido em regiões do Acre além do Juruá e não há registro de vítimas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.