24.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 3:36 am

Acre tem a segunda maior taxa de crianças e adolescentes assassinados do Brasil; veja o ranking

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Um levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e o Unicef mostra que o Acre tem a segunda maior taxa de assassinatos de vítimas de 10 a 19 anos em 2020, em todo o país.

A taxa é de 38,41 pessoas por 100 mil habitantes. O Estado só perde para o Ceará, que ficou com 46,97.

De 2016 a 2020, 35 mil crianças e adolescentes foram assassinados no Brasil, uma média de 7 mil por ano, é o que revela o estudo.

O Unicef trabalha com faixas etárias utilizadas por órgãos internacionais, como a Organização Mundial de Saúde (OMS), que incluem os 19 anos para abranger a legislação de diferentes países. No mesmo período, 1.070 crianças de até 9 anos foram assassinadas, 213 só em 2020, uma a cada dois dias.

Até nove anos, 40% das crianças foram mortas dentro de casa; 56% eram negras e 33%, meninas. Meninos negros foram a maioria das vítimas em todas as faixas etárias.

O resultado da pesquisa chama a atenção para as características diferentes de mortes de crianças, vítimas de violência doméstica, e adolescentes, vítimas da violência urbana.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.