25.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 12:00 am

Com história de superação, produtor do AC é destaque em programa nacional sobre pecuária

Seu João Paraná chegou ao Acre em 1979 em um pau-de-arara e viu, em um pedaço de terra, a oportunidade de tirar o sustento dele e da família

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Última atualização em 29/10/2021 10:59

Seu João Paraná, como é conhecido o produtor João Evangelista Ferreira, foi destaque no programa Giro do Boi, que aborda temas e veicula reportagens sobre pecuária e agricultura em todo o Brasil. O homem, que saiu da região Sul e veio para o Acre já no final da década de 1970, conseguiu tirar o sustento dele e dos filhos a partir de um pedaço de terra que, posteriormente, virou um polo de produtividade e de referência a outros agricultores no município de Senador Guiomard, no interior do estado.

A reportagem veiculada nesta semana detalha também que seu João Paraná ganhou, ao chegar no Acre, 37 hectares do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Foi daí que a história dele começou a ser remodelada, visto que sempre teve vontade de possuir uma terra própria para torná-la produtiva e rentável.

“Na verdade, eu tenho o gado, tenho um pouco de seringueira e tenho café. E já tive várias outras coisas. Já plantei guaraná, pimenta de cheiro. […] Tinha que plantar aquilo que estava no auge, que estava saindo, que estava fazendo dinheiro. Então toda vida foi assim”, destacou.

O agricultor se orgulha também de ver seus filhos prosperando em suas respectivas carreiras profissionais, visto que, segundo ele, a luta para sustentá-los e mantê-los nas escolas foi árdua, já que chegou a morar até debaixo de uma lona por 60 dias com os filhos pequenos.

“A família, graças a Deus é toda unida. Todo fim de semana estão todos aqui em casa e, graças a Deus, estão formados. Eu sempre falo para muita gente: um agricultor que nunca tinha dinheiro, porque eu nunca tive salário, só agora, que eu aposentei com um salário mínimo…, mas nem eu, nem a mulher tínhamos salário, e trabalhar e formar seis filhos na universidade, não é fácil”.

Para conferir a reportagem na íntegra, basta clicar aqui..

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.