29.3 C
Rio Branco
26 novembro 2021 9:46 am

Documentação necessária para poder sair do país com o carro sem problemas

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, bem como triângulo, extintor de incêndio, e cinto de segurança para todos os passageiros

POR REDAÇÃO

Última atualização em 18/10/2021 15:40

Se você estiver planejando uma viagem por diversos países da América do Sul, com certeza já deve estar organizando a mala e os seus documentos necessários para sair do Brasil. Porém, se fizer a viagem com um dos carros seminovos Ford, saiba que precisará de documentos especiais para poder sair com o carro do Brasil e entrar em outros países com ele.

Viajar com seminovos Ford ou com qualquer outro tipo de veículo, requer sempre muita atenção, especialmente se for sair do país. Nesse caso, é necessário conhecer as leis e regras do país ou países que for visitar, para não ter problemas no ingresso e egresso do país em questão.

As exigências e obrigatoriedades variam de país para país. Por isso, é fundamental você organizar o roteiro da sua viagem, para saber quais os documentos necessários de acordo aos países que irá visitar, seja Argentina, Uruguai, Chile, Bolivia, Paraguai e/ ou Peru.

Exigências comuns aos seis países:

  1. Cinto de segurança, tanto para o motorista quanto para todos os ocupantes do veículo.
  2. Extintor de incêndio; seu porte é obrigatório em todos os seis países.
  3. Cadeirinhas e 7 ou assento de elevação especial para crianças, sempre conforme a idade.
  4. Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo CRLV.
  5. Faróis baixos acesos, tanto nas rodovias como dentro de cidades.
  6. Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
  7. Carteira de Identidade (RG) ou Passaporte; não são aceitos outros documentos a não qualquer uma dessas duas opções.
  8. No caso de um menor de 18 anos, mesmo sendo bebê de colo, também deverá viajar com RG ou passaporte. Certidão de nascimento não serve. Se o menor viajar desacompanhado dos pais, o adulto que viajar com ele deverá apresentar uma autorização da mãe ou do pai, que deve ser feita em duas vias com firma reconhecida e contendo a data de validade.

Também deve ter uma foto 3 x 4 ou 5 x 7 do menos nas duas vias da autorização além de anexar uma cópia do RG do menor.

Documentação e autorização para trafegar com o veículo fora do Brasil

Se o veículo for propriedade de uma empresa ou de uma pessoa que não participa da viagem, será necessário contar com uma procuração do proprietário para poder circular fora do Brasil. Isso é necessário ainda que a empresa dona do veículo esteja em nome de um dos viajantes.

Na autorização devem estar os dados completos do proprietário, todas as informações do carro (fabricante, modelo, ano, cor, motor, chassi, placa, etc.) e a assinatura do proprietário reconhecida em cartório.

  • Se a viagem for para Argentina, essa procuração deverá ser legalizada através do Ministério das Relações Exteriores.
  • Se a viagem for para Uruguai, deverá ser legalizada em algum dos consulados uruguaios no Brasil.
  • Se a viagem for para Peru, será necessário se apresentar em um dos consulados Gerais do Peru no Brasil, ou na Seção Consular na Embaixada do Peru em Brasília e solicitar uma Declaração Consular.
  • Se a Viagem for para Bolívia, só poderá ingressar se o motorista for o proprietário do veículo ou estar acompanhado do proprietário. É impossível entrar na Bolívia com um carro de um terceiro.
  • Se a viagem for para Chile ou Uruguai, também é preciso uma autorização legalizada nos respectivos consulados desses países.

Se o veículo for próprio:

Quando se trata de viajar de carro para outros países, o cuidado deve ser muito atento e especial para evitar dores de cabeça.

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, bem como triângulo, extintor de incêndio, e cinto de segurança para todos os passageiros.

A CNH não conta como documento de imigração, mas é exigida para poder dirigir pela América Latina.

Atravessando a fronteira, é necessário você apresentar: Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo além da Carta Verde.

O procedimento é sempre o mesmo: a imigração das pessoas é feita na polícia internacional na entrada de cada país. Na aduana se apresenta a documentação do veículo e da bagagem. Ambas as posições ficam no mesmo lugar na fronteira, mas em balcões diferentes.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.