24.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 2:12 am

Xeque-mate: Bittar fecha o cerco de Gladson por apoio à candidatura de Márcia ao Senado

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Última atualização em 16/10/2021 08:41

Contextualizando

A disputa pela vaga de candidato ao Senado na chapa do governador Gladson Cameli (PP) tem sido a principal batalha política no Estado nesse período de pré-campanha. O governador reúne ao menos cinco pré-candidatos na sua base: Mailza Gomes (PP), Jéssica Sales (MDB), Alan Rick (DEM), Vanda Milani (Solidariedade) e Marcia Bittar (Sem partido). E como ele só pode escolher um, a briga tem elevado os ânimos e gerado algumas tensões entre os pré-candidatos.

Primeiro passo

Em meados do mês passado, um primeiro passo foi dado para tentar diminuir o tamanho do problema para o governador. Os deputados federais Alan Rick e Jéssica Sales, e a senadora Mailza Gomes selaram um pacto de paz entre eles. O acordo era pra que somente um dos três, o melhor colocado nas pesquisas quando se aproximasse o período eleitoral, seria o candidato do governador. O problema é que nem a deputada federal Vanda Milani e nem Marcia Bittar aderiram a esse pacto.

Ficou difícil

Politicamente, talvez a situação mais complexa seja a do deputado Alan Rick. Filiado ao DEM, o seu partido está em processo de fundição com PSL, que se transformará em União Brasil, partido que no Acre, ao que tudo indica, será presidido pelo senador Márcio Bittar, ex-marido e principal fiador da campanha de Marcia.

Ficou difícil 2

Para a senadora Mailza Gomes a situação também não é das mais tranquilas pra se garantir na disputa. Apesar de ter a presidência do Progressistas no Acre, o que teoricamente daria mais facilidade pra ela garantir a candidatura, ela sabe que é preciso respeitar a correlação de forças na montagem de uma chapa, e o governador, que vem para a reeleição, é correligionário dela. É preciso abrir espaço para outras siglas.

Xeque-mate

E por falar em correlação de forças, o senador Marcio Bittar deu hoje um “xeque-mate” no governador para garantir seu apoio a Márcia Bittar. O senador se reuniu nesta sexta com oito partidos que estão na base de Gladson e que vão apoiar a candidatura de Marcia: Solidariedade, PSL, Republicanos, PTB, PSDB, PSC e Patriotas. O PDT, que já é da base de Gladson, também participou da reunião e foi convidado para se juntar a base de Bittar, mas só deve responder mais pra frente.

Impressiona

A reunião mostrou para Gladson a força do senador Marcio Bittar na articulação política no Estado, e pode colocar um ponto final na celeuma que se tornou a escolha do candidato ao Senado que fará a dobradinha com o governador. Impressiona o fato da professora ainda não ter escolhido um partido para se filiar e mesmo assim ter oito siglas caminhando com ela. Esse resultado é fruto das articulações políticas de Marcio, que ficou ainda mais forte após ser escolhido como relator do orçamento da União.

Meio caminho andado

O bloco de partidos que a professora Marcia Bittar conseguiu reunir impressionou também o governador, que participou da reunião. Segundo o site Notícias da Hora, Gladson cumprimentou Marcia chamando-a de “minha senadora”. Já tá meio caminho andado.

Ciro x Bolsonaro

Um dos partidos que o senador Marcio Bittar deve levar para a base de Marcia é o PDT, do pré-candidato à presidência, Ciro Gomes, umas das vozes mais ativas em oposição ao presidente Bolsonaro (Sem partido). A curiosidade é que tanto Marcio quanto Marcia são declaradamente bolsonaristas. Vai ser no mínimo interessante essa aliança entre ciristas e bolsonaristas.

Bateu o pé

Aguardando apenas a janela partidária para mudar de legenda, saindo do Solidariedade e indo para o PROS, a deputada Vanda Milani quer disputar a vaga ao Senado a todo custo, com ou sem o apoio de Gladson. A deputada parece não se importar muito com as últimas mexidas do tabuleiro e continua firme em pré-campanha.

Mudanças

O prefeito da Capital, Tião Bocalom (Progressistas), fez uma série de mudanças na Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), que é comandada pela vice-prefeita, Marfiza Galvão (PSD). O prefeito nomeou três pessoas e exonerou uma nesta sexta.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!