31.3 C
Rio Branco
29 novembro 2021 6:30 pm

Hamilton surpreendeu Perez com velocidade nas retas em Interlagos: “De outro planeta”

Mexicano da RBR lembrou de um momento que olhou o retrovisor duas vezes em curto espaço de tempo e ficou impressionado com quão rápido Hamilton colou nele

POR GE

Última atualização em 18/11/2021 08:56

A corrida espetacular de Lewis Hamilton no GP de São Paulo, em que começou na 10ª posição e terminou vencedor ultrapassando na pista os principais rivais, rendeu elogios ao britânico por parte de Sergio Perez, companheiro de Max Verstappen, líder do mundial de pilotos, na RBR.

“A velocidade de reta dele é de outro planeta”, afirmou o mexicano.
Perez destacou inclusive um momento durante a corrida do Brasil, pouco antes de ser ultrapassado por ele, ainda durante a 19ª volta, das 71 que aconteceram na prova. Sergio largou na terceira posição, mas era o segundo quando perdeu a disputa com Lewis Hamilton.

– Eu olhei no meu retrovisor na saída da curva e me senti bem segurou em relação à distância. Mas logo depois eu olhei de novo e ele estava na minha cola. Foi realmente impressionante – revelou Sergio Perez.

Muito do desempenho excepcional da Mercedes de Hamilton vem também da troca da unidade de combustão do motor, que custou uma perda de cinco posições no grid de largada ao britânico. A equipe considerou o desempenho do carro no Brasil “encorajador”.

– Tivemos um bom ritmo nas condições mais amenas da sprint. Na corrida, foi uma performance muito forte, em uma pista muito quente. Chegamos a ver 50 graus em um circuito muito agressivo e o carro esteve muito bem. Fazer isso em várias sessões, com tamanha amplitude de condições, foi muito encorajador quando você olha para os desafios que teremos nas próximas três etapas – destacou o engenheiro da Mercedes Andrew Shovlin.

Lewis Hamilton sobe ao pódio do GP de São Paulo com bandeira do Brasil — Foto:  Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images
Lewis Hamilton sobe ao pódio do GP de São Paulo com bandeira do Brasil — Foto: Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images

O chefe da equipe alemã Toto Wolff, porém, não acredita que a vantagem do motor novo de Hamilton vá durar muito, porque a tendência é a perda de desempenho conforme a unidade for sendo mais utilizada.

– Há uma queda no desempenho de qualquer motor. Isso significa que, embora estejamos correndo com ele até o final da temporada, certamente perderemos ritmo. Vamos até o fim do ano agora com esta unidade. Ainda temos dúvidas sobre a confiabilidade, mas esperamos ter as respostas certas – explicou Wolff.

A vitória no Brasil recolocou Lewis Hamilton na disputa pelo título mundial, que seria o oitavo de sua carreira. A diferença de pontos, que chegou a ser de 21 a favor de Max Verstappen, caiu para 14, restando três etapas para o fim da temporada.

Infos e horários do GP do Catar da F1 — Foto: Infoesporte
Infos e horários do GP do Catar da F1 — Foto: Infoesporte

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!