23.3 C
Rio Branco
8 janeiro 2022 2:17 am

Nayara Vilela conta ao ContilNet como a música a salvou da depressão após relacionamento abusivo

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 28/11/2021 17:07

Cantora, compositora e um verdadeiro sucesso por onde passa. Nayara Vilela, de 30 anos, natural de São Paulo, mas residindo há alguns anos no Acre, descobriu sua grande paixão pela música aos cinco anos de idade, cantando em eventos da escola em que estudava e aos 14 anos, estava cantando na Igreja Católica.

Mas foi aos 16 anos que sua carreira profissional teve o pontapé inicial, Nayara começou a ser backing vocal em uma banda e paralelo a isso, se apresentava em barzinhos em Mato Grosso do Sul, mas pouco tempo depois ela se converteu à igreja evangélica e começou a carreira no mundo gospel, mas não durou muito e Nayara precisou dar um tempo na carreira.

Seu recomeço aconteceu no Acre. “Eu não vim para o Acre pensando em recomeçar, pois achava que já era quase impossível esse recomeço aos 30 anos”, diz Nayara emocionada. O motivo da emoção é porque a artista enfrentou uma depressão ao enfrentar um relacionamento abusivo e mais uma vez, a música a salvou.

A história ela contou para a apresentadora Mariana Tavares e você pode conhecer assistindo à entrevista completa:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.