26.3 C
Rio Branco
20 maio 2022 3:44 pm

Juíza aceita denúncia contra homem que teria matado desafeto com ripada na cabeça, no Nova Estação

Com a decisão, Ericson Rodrigues Martins, o acusado, será levado a julgamento pelo Tribunal do Júri Popular

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 27/01/2022 08:24

A juíza Luana Campos, da 1ª Vara do tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco (AC), aceitou denúncia do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) contra o servente de pedreiro Ericson Rodrigues Martins, de 30 anos de idade, por assassinato. Com isso, ele deve ir ao banco de réus ainda no primeiro semestre deste ano. A juíza também estabeleceu o prazo de dez dias para a defesa d réu se manifestar.

Ericson Rodrigues Martins é acusado de assassinar Vildi de Almeida Dantas, com golpes de ripas na cabeça. O crime ocorreu no último dia dois de janeiro, na Rua Passarela, no bairro Nova Estação, na Capital.

Informações de populares que presenciaram o crime dçao conta de que vítima estava na frente de uma casa consumindo bebida alcoólica com outras pessoas, o que fazia com frequência. Num determinado momento o acusado chegou cobrando uma quantia em dinheiro da vítima e, após ela se recusar a pagar, o autor desferiu uma paulada na cabeça de Dantas e depois fugiu. Uma equipe de socorro do Samu foi acionada para atender a ocorrência, mas ao chegar no local, a vítima já estava sem vida. Ficou constatado que Dantas teve um traumatismo cranioencefálico grave após a paulada.

Após o crime o acusado deixou o local e, no dia seguinte, foi trabalhar numa obra em que atuava como ajudante de pedreiro, como se dada estivesse acontecido. Localizado, ele foi preso ainda em flagrante e levado á penitenciária estadual, de onde deve sair para ser julgamento.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.918 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.