30.3 C
Rio Branco
9 janeiro 2022 4:55 pm

Você sabe distinguir as quatro estações do ano no Acre? Friale explica!

Quer saber detalhes do clima acreano durante as quatro estações do ano? Veja como definiu Friale

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 09/01/2022 16:55

Se perguntar a um acreano quais as quatro estações do ano, ele vai responder: verão, quentura, calor e mormaço. Ou algo parecido. É que o Acre tem suas peculiaridades quando se trata de clima e por estar localizado na porção mais ocidental do Brasil, tem características climáticas bem diferentes do restante do país.

Segundo o pesquisador em meteorologia Davi Friale, o Acre é o estado onde “ocorrem chuvas intensas no verão, frio polar no inverno e temporais, com ventos fortes e muitos raios, na primavera”.

Ele explica: “É o estado brasileiro que recebe ondas de frio polar da Antártida e, contrastando, ventos originários do arquipélago português dos Açores e do deserto do Saara. São estes ventos secos do hemisfério norte da Terra que deixam, em pleno verão chuvoso, vários dias sem chuva, com muito sol, no estado”.

Na época da ‘friagem’, como dizemos por aqui, a temperatura muito e há registros oficiais de 6,0ºC, em Rio Branco, e 5,8ºC, em Epitaciolândia e Brasileia com sensação térmica próximo ou abaixo de zero.

“No dia 21 de agosto de 2020, por exemplo, o aeroporto internacional de Rio Branco, marcava 12,0ºC, às 13h, temperatura menor que a registrada, no mesmo horário, no aeroporto de Bariloche, na Argentina, de 14,0ºC”, exemplificou Friale.

Você pode até duvidar, mas Friale garante que Rio Branco é a capital com o clima mais agradável nas regiões Norte e Nordeste, com as menores temperaturas em todos os meses do ano. No inverno, a média das mínimas oscila entre 15 e 18ºC.

Quer saber detalhes do clima acreano durante as quatro estações do ano? Veja como definiu Friale:

VERÃO

O ano, no Acre, assim como na maior parte do Brasil, começa com o verão, a estação das chuvas mais intensas. No calendário, esta estação começa no dia 21 de dezembro e vai até 21 de março.

O verão é a estação com os dias mais longos e as noites mais curtas e, por isso, chove muito, já que, devido ao maior aquecimento, ocorre mais evaporação das águas superficiais do oceano Atlântico, origem das chuvas no Acre.

Durante os três meses de verão as chuvas acumulam, em média, um total entre 600 e 900mm, em Rio Branco, Sena Madureira e Brasileia, e, entre 800 e 1100mm, em Cruzeiro do Sul e Tarauacá.

Nesta estação do ano, as chuvas são constantes e quase diárias, no Acre, mas ocorrem períodos de tempo relativamente seco, com muito sol, devido à incursão de ar originário das altas pressões atmosféricas nas ilhas portuguesas dos Açores e da Madeira e no deserto do Saara Ocidental.

As temperaturas mínimas médias no verão, em Rio Branco, variam entre 21 e 23ºC, mas já foram registadas temperaturas entre 14ºC e 15ºC, nos três meses desta estação. Já, as máximas, variam entre 29 e 32ºC, com registros de até 35ºC, quando da incursão de ar seco vindo do hemisfério norte.

OUTONO

O outono, que começa no dia 21 de março e vai até 21 de junho, é a estação de transição do período chuvoso para o período seco no Acre. É quando começam a chegar as primeiras ondas de frio polar, que provocam queda brusca da temperatura em todo o estado.

As chuvas ainda ocorrem com frequência em abril, mas diminuem bastante em junho, que é o segundo mês com menos chuva, em Rio Branco.

Nesta estação, são registradas temperaturas inferiores a 12ºC, principalmente em Rio Branco e Brasileia. Em junho, por exemplo, já foi registrada, em Rio Branco, temperatura de 7,8ºC. As maiores temperaturas, no outono, oscilam entre 29 e 32ºC.

INVERNO

A estação mais fria e mais seca do ano, no Acre, é o inverno, que começa no dia 21 de junho e vai até o dia 23 de setembro. É a estação que tem os dias mais curtos e as noites mais longas, sendo a causa das menores temperaturas anuais.

No inverno, ocorrem fortes incursões de ar frio polar, originário da Antártida, causando o fenômeno conhecido como friagem, quando a temperatura cai brusca e acentuadamente em todo o Acre, principalmente no leste e no sul do estado. Nesta estação do ano, são comuns as penetrações de ar polar, cujo ar frio, em cada incursão, pode durar vários dias consecutivos, com temperaturas mínimas entre 5 e 8ºC e máximas, entre 11 e 14ºC, em Rio Branco e Brasileia.

Após alguns dias de céu totalmente encoberto com nuvens baixas e ventos intensos soprando da direção sudeste, cujas rajadas podem passar de 50km/h, o Sol aparece forte, com céu totalmente limpo e ar extremamente seco, com umidade relativa entre 15 e 25%. Assim, os dias ficam ensolarados e as noites estreladas e frias, semelhante a climas de deserto.

O inverno é estação com o menor volume de chuvas, com um total, nos três meses, entre 90 e 130mm, em Rio Branco e Brasileia, e, entre 150 e 200mm, em Cruzeiro do Sul e Tarauacá.

PRIMAVERA

A última estação do ano, a primavera, que começa no dia 23 de setembro e vai até 21 de dezembro, marca a transição entre o período seco e frio do inverno e o período chuvoso do verão no Acre.

A primavera é uma estação que tem o clima mais adverso. O ar seco deixa os dias extremamente quentes e ensolarados, com temperaturas máximas oscilando entre 34 e 37ºC, sendo que já foram registrados recordes de até 39ºC, nesta época do ano. Devido ao calor e à incursão dos primeiros pulsos úmidos do Atlântico ocorrem fortes temporais, com chuvas fortes, ventanias perigosas, queda de granizo e enorme atividade elétrica na atmosfera, com muitos raios.

No entanto, no começo desta estação, ainda podem ocorrer incursões de ar polar, com temperaturas mínimas, já registradas, entre 12 e 15ºC, em Rio Branco.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.