29.3 C
Rio Branco
28 junho 2022 12:28 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Blog do Ton: A proposta de Mara Rocha ao Patriotas, a resposta do partido e seu destino definido

O Blog do Ton é assinado pelo jornalista Ton Lindoso, editor-chefe do ContilNet, e traz os bastidores da política acreana, comunicação e sociedade

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 15/03/2022 16:45

Muita gente duvidou da conversa que Mara Rocha teria com Josemir Anute, presidente do Patriotas. Eu adiantei aqui em primeira mão. Pois bem, a conversa aconteceu e fontes me chegaram com as últimas informações.

Mara falou ao presidente o que os sites já haviam levado: o convite quase irrecusável de Flaviano, sua animação com o novo capítulo dessa eletrizante saga e a vontade de formar um bloco que seja capaz de brigar com o favorito Gladson Cameli. Josemir ouviu, ouviu e questionou qual seria o veredito.

Mara deve mesmo filiar-se ao MDB. E sugeriu a Josemir que indicasse o vice-governador de sua chapa. Fontes afirmam que Anute não recebeu essa proposta com entusiasmo. O Patriotas passaria de partido protagonista nas eleições a partido de apoio. Mas deve pensar com calma, após reuniões com a executiva nacional.

Com a ida de Mara ao MDB, sua vida não será fácil. Ainda precisa da aprovação do partido, briga com mais dois pela vaga e, caso seja sacramentada a candidata oficial da legenda, deixou para trás uma série de legendas cheias de ressentimentos. Lembra-me vagamente o dilema de Cameli, que tem cinco postulantes à única vaga de sua chapa – para a única cadeira do Senado disponível para o Acre esse ano.

Depois da grande festa que deve ser sua filiação, Mara vai ter um chão pela frente. Mas uma missão ela cumpriu: a Operação Caça-Partido teve ao final a união de duas forças que devem colocar ainda mais fogo na disputa eleitoral – o grupo dos irmãos Rocha e o glorioso do dr. Ulysses.

Caça-Partido

Com o final da Operação Caça-Partido, deflagrada pelos irmãos Rocha, próximo de chegar ao fim com a filiação no MDB, outro político está em Brasília numa missão parecida: Mazinho Serafim. Tem batido em várias portas por lá. Talvez, ainda hoje, eu traga uma edição de última hora deste informativo para dar mais detalhes.

Mazinho Serafim

“Ele não sabe pra onde vai”. De uma fonte que sempre está por dentro de tudo que acontece em Brasília. “O pior atrapalho dele é ele mesmo”. O prefeito deve voltar da capital federal na quinta-feira (17).

Patriotas

O Patriotas, na pessoa de Josemir Anute, deve conversar com outras lideranças, após a ida dos irmãos Rocha para o MDB. Ao blog, Anute me conta que, nos próximos dias, deve falar com o poderoso Marcio Bittar (UB-AC). Encontros com outras lideranças, como Petecão e Mailza Gomes, não estão descartados.

Valdete Souza

Após ter uma reportagem veiculada em um site de notícias sendo vinculada ao PMN, partido que presidiu por anos, Valdete Souza avisou: “Eu não sou mais presidente do PMN, graças a Deus. Tô entrando em um partido muito melhor”.

Valdete Souza²

Valdete virou manchete ao bradar ‘Lula Livre’ após abastecer 40 litros de combustível. “O maior cabo eleitoral do Lula é o Bolsonaro. Pelo amor de Deus!”

Márcia Bittar

Sem entrar nessas discussões sobre ideologia de gênero e deixando-a para quem estuda o assunto, não preciso de muito para dizer que a pré-candidata ao Senado, Márcia Bittar, foi vítima de uma famosa estratégia de criar factoides: um trecho de sua fala foi recortado e envolto de informações que, de alguma forma, se ligam entre si. O objetivo é claro: desqualificar a pré-candidata.

Márcia Bittar²

Já expliquei aqui nesse espaço como funcionam as fake news: você pega uma verdade (ela realmente falou sobre a ideologia de gênero), faz um recorte e envolve de informações falsas para parecer verídico. Petrônio Antunes e o aeródromo foram vítimas desse tipo de artilharia. Você pode conferir novamente clicando AQUI.

Kely e Márcia

Com a competente Kely Pessoa sendo coroada a presidente do Partido Liberal no Acre (PL-AC) e Márcia vice, o objetivo principal do partido é montar chapas. Só depois, será pensada em uma grande festa para celebrar os resultados e a cerimônia de coroação.

Kely e Márcia²

Essas duas, que possuem boa afinação, possuem um ponto em comum: sempre tiveram sua contribuição na política, pelos bastidores, participando de articulações e comandando campanhas dos seus respectivos cônjuges. Com Márcia se colocando na disputa ao Senado e Kely pela primeira vez aceitando o desafio de comandar uma legenda, é bom ficar atento aos movimentos da dupla.

Gargalo

Ouvi de uma importante liderança do Podemos que o principal gargalo de sua chapa para essas eleições será a Aleac. O partido possui, hoje, sete deputados apalavrados. Alguém entendeu? Eu entendi.

Mirla Miranda

Mais uma vez ouvi em importantes grupos de discussão o nome de Mirla Miranda cogitado para a Câmara Federal caso o irmão, deputado Alan Rick, dispute nas esferas majoritárias.

Coronel Ulysses

Um passarinho verde me contou que Coronel Ulysses tem agradado os executivos do União Brasil por, palavras de um líder da sigla, ‘estar trabalhando bem’. Ele vem nessas eleições disputar a Câmara Federal.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.