19.3 C
Rio Branco
27 junho 2022 6:40 am

Gás de cozinha virou ‘produto de luxo’ em cidades do Acre, diz reportagem da VEJA

Ao criticar a situação também enfrentada por outras unidades, o jornalista acusa Bolsonaro de manter a crise fora da agenda pública

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 28/04/2022 17:21

Uma reportagem publicada pela revista Veja nesta quinta-feira (28), com o título “Bolsonaro evita crise econômica, mas eleitores culpam governo”, assinada pelo jornalista José Casado, diz que o gás de cozinha virou produto de luxo nas cidades do Acre.

Na reportagem, Casado aponta que o botijão de 13 kg chega a custar R$ 150 no Estado – o que representa 16% da renda média das famílias.

“Os residentes no Acre empobreceram nos últimos dois anos, como os demais brasileiros. A renda individual diminuiu no ano passado. Ficou em R$ 888, uma queda de 3,1% em relação aos R$ 917 na média de 2020, informa o IBGE”, destaca.

“É um dos 14 Estados onde a remuneração média dos indivíduos que vivem numa mesma casa não alcança o valor do salário mínimo nacional (R$ 1.212). No Acre, ganha-se um terço menos”, continua.

Ao criticar a situação também enfrentada por outras unidades, o jornalista acusa Bolsonaro de manter a crise fora da agenda pública.

“Finge que não é com ele e passa o tempo tentando mudar de assunto. Ontem, por exemplo, gastou o dia entretido em novos capítulos da guerra particular com o Judiciário — meses atrás esgrimia contra o meses atrás esgrimia contra o espectro do comunismo, sepultado há mais de três décadas”, acrescenta.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA CLICANDO AQUI.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.