18.7 C
Rio Branco
19 maio 2022 12:07 am

Gonzaga propõe nova comissão de deputados até Brasília em busca de mais recursos para BR-364

Gonzaga disse que no último final de semana fez o trajeto Rio Branco até Cruzeiro do Sul, para ver a realidade da BR-364

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 03/05/2022 11:50

O deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), usou seu discurso na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (3), para demonstrar sua preocupação com a BR-364, que interliga praticamente todo o Acre.

Gonzaga disse que no último final de semana fez o trajeto Rio Branco até Cruzeiro do Sul, “para ver a realidade da BR-364. A realidade é que encontra-se bastante deteriorada. Trechos de difíceis acessos”, disse o primeiro secretário da Aleac.

O deputado disse que viu diversas equipes fazendo operação tapa buraco, e destacou que recentemente, “quando se anunciou que essa estrada ia fechar, montamos uma comissão e fomos a Brasília foi garantido um recurso de R$ 30 milhões e realmente tivemos um inverno interior com trafegabilidade, mesmo que difícil”.A preocupação agora do parlamentar é que esse valor já foi praticamente todo utilizado e o verão apenas começou, sendo necessário mais investimentos para que mais obras sejam feitas. E pensando nisso, ele sugeriu que uma nova comissão de deputados vá a Brasília.

“Existe uma possibilidade de recurso suplementar de R$ 60 milhões, mas aí precisamos de força política, e por isso proponho uma nova ida a Brasília, 0ara conversar com nossos deputados federais e senadores, para buscarem a liberação desses recursos. E que o Governador também entre nessa força”.

Com esse novo crédito suplementar, disse Gonzaga, “a proposta do DNIT é que faça além do tapa buraco, mas a reconstrução de 8 km”

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.908 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.