20.3 C
Rio Branco
27 junho 2022 12:08 am

Sérgio Reis comete erro ao confundir Acre com Rondônia e citar história de Chico Mendes

"Eu não sei se ele era, mas mataram aquele cara, não pode", disse o artista sobre o seringueiro

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 27/05/2022 16:59

O cantor Sérgio Reis cometeu um erro durante entrevista concedida ao jornal Folha de São Paulo, no último dia 25 de maio, ao afirmar que Chico Mendes – seringueiro que se tornou uma das maiores figuras políticas do Acre – era de Rondônia, o estado vizinho.

O artista, que fazia uma previsão do cenário eleitoral de 2022 e apontava para a possível vitória do presidente Jair Bolsonaro no primeiro turno, falou sobre Chico Mendes no momento em que o jornalista Gustavo Alonso considerou curioso o assassinato do ativista servir de inspiração para a novela ‘Pantanal’, que está sendo exibida na TV Globo com recorde de audiência.

“O Chico Mendes na época era filiado ao PT”, pontuou o entrevistador.

“Eu não sei se ele era, mas mataram aquele cara, não pode! Porque se o cara é filiado ao PT mas luta pelo pobre lá de Rondônia [na realidade, Acre], merece respeito. Não interessa o partido dele, interessa qual é o objetivo social dele. E era digno”, disse Reis.

Confira a entrevista completa, na íntegra, CLICANDO AQUI.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.