29.3 C
Rio Branco
18 agosto 2022 9:11 am

Longo luta para ampliar atuação de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais nas UTIs e CTIs do AC

Rodrigo Campos afirmou que há uma defasagem no quadro de profissionais das unidades de saúde e que a iniciativa de Longo atende o pedido das categorias

POR ASCOM

Última atualização em 29/06/2022 11:56

O deputado Pedro Longo recebeu no seu gabinete, na manhã desta quarta-feira (29), o presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Acre (CREFITO 18), Rodrigo Campos, para tratar da ampliação do número de profissionais nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e Centros de Terapia Intensiva (CTIs) dos hospitais públicos e privados do Estado.

A pauta, que é tem sido uma das prioridades do líder do Governo, será levada para o executivo acreano, no sentido de garantir um atendimento especial à categoria dos terapeutas ocupacionais.

“Estamos sensibilizados com essa luta que não é apenas de interesse da categoria de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, mas de toda a população acreana que depende de uma saúde de qualidade, especialmente as pessoas que estão internadas nas UTIs e CTIs e precisam desses profissionais que são indispensáveis para a evolução positiva dos casos”, destacou o político, elencando comprovações científicas que atestam a importância dos serviços desempenhados pelos especialistas.

Um projeto de lei de autoria do deputado que trata da permanência do profissional fisioterapeuta nos CTIs e UTIs já está em tramitação na Casa do Povo. Se aprovado e sancionado, em cada 10 leitos (adulto, pediátrico e neonatal) será obrigatória a presença ininterrupta de um fisioterapeuta, por tempo integral – nos turnos matutino, vespertino e noturno, de forma a perfazer o total de 24 (vinte e quatro) horas.

“Vamos levar a demanda ao governador Gladson Cameli para que o Executivo abra a possibilidade de novas contratações e amplie as vagas para os terapeutas ocupacionais”, acrescentou Longo.

Rodrigo Campos afirmou que há uma defasagem no quadro de profissionais das unidades de saúde e que a iniciativa de Longo atende o pedido das categorias.

“A iniciativa do deputado Pedro Longo é de extrema importância para a sociedade e pode ser vista como um reconhecimento necessário para essa categoria que exerce um trabalho tão importante no cuidado das pessoas que estão internadas nos CTIs e nas UTIs. A pandemia da COVID-19 foi uma prova de que somos imprescindíveis para o fortalecimento da oferta de saúde. Nosso agradecimento por apoiar essa causa”, afirmou Campos.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.