33.3 C
Rio Branco
14 agosto 2022 6:06 pm

Fieac comemora Programa de Compras Municipalizadas durante solenidade

POR ASCOM

Última atualização em 06/07/2022 15:45

“Essa pauta das compras governamentais é uma das agendas mais importantes da FIEAC. Por isso, estamos aqui para agradecer o prefeito Tião Bocalom. Entendemos que, ao dar prioridade para as indústrias locais, o mercado é aquecido, o dinheiro circula cinco a seis vezes dentro do município, o empresário consegue contratar mais pessoas e vai reinvestir aqui. É um ganha-ganha”, comemorou João Paulo de Assis, presidente da FIEAC em exercício, durante solenidade de assinatura do decreto que regulamenta a Lei nº 2.027, instituindo o Programa de Compras Municipalizadas com Incentivos à Indústria Local, no âmbito da Administração Pública Direta e Indireta do Município de Rio Branco. O evento foi realizado na manhã desta quarta-feira, 6 de julho, na sede da Prefeitura.

A medida, de acordo com Bocalom, tem como objetivo fazer com que a riqueza local circule, pois, desta forma, todos se beneficiam. “Lutei a vida inteira pelo nosso projeto ‘Produzir para empregar’, porque acredito nele. Agora, é fazer com que aconteça. Rio Branco tem esse potencial, que é grande, e temos que despertá-lo. Não temos medo de desafios, vamos construir obras grandes”, garante.

O diretor da FIEAC e presidente do Sindicato das Indústrias Cerâmicas do Estado do Acre (Sindicer), Marcio Agiolfi, relata que acompanha há muitos anos a dificuldade de execução do projeto de pavimentação de ruas com tijolos. Ele afirma que é testemunha da dificuldade que a Prefeitura enfrenta para fazer as coisas acontecerem. “Vejo a revolta e indignação da equipe da Prefeitura por não conseguir contratar e destravar as compras do poder público. Tentamos, pela FIEAC, contribuir de alguma forma para isso, foi quando o projeto de compras governamentais foi concebido e, agora, agradecemos pela Prefeitura tê-lo acatado. Acredito que será um divisor de água para o setor”.

De acordo com João Paulo, a partir deste incentivo iniciado em Rio Branco, este mesmo modelo de compras governamentais será articulado pela FIEAC com as prefeituras do interior. “Já temos o apoio da capital para servir de exemplo”, destacou o empresário. “Nenhum sistema do mundo cresceu sem investimento na economia local. E investir na indústria é o início de tudo, pois ela incentiva os demais setores. Agradecemos a maturidade da equipe da Prefeitura por entender isso”, elogiou José Luiz Felício, presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Alimentares do Estado do Acre (Sinpal).

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.