No Pará, Bocalom participa de reunião da Sudam e pede ajuda para reconstrução da ETA II

“Não podemos deixar a população de Rio Branco sem água tratada”, destacou Bocalom

Tião Bocalom, prefeito de Rio Branco, participou nesta segunda-feira (24), da 27º Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da CONDEL/Sudam, na sede da superintendência em Belém, capital do Pará. O evento foi presidido pelo ministro Waldez Góes, do Ministério da Integração Regional (MIDR).

Durante o encontro serão discutidas as diretrizes e as prioridades do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Norte (FNO) para municípios dos arquipélagos do Marajó, no Pará, e do Bailique, no Amapá, e também para os municípios de fronteira da Região Norte e com baixa e média renda.

Bocalom participa da reunião em Belém/Foto: Ascom

As prioridades seguem a política de prioridade definida pelas reuniões do Condel/Sudam realizadas em 2023, além de definições do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) ambos para o exercício de 2025.

O prefeito de Rio Branco aproveitou a reunião para pedir ao secretário executivo do Ministério da Integração Regional, Valder Ribeiro uma maior agilidade na liberação dos recursos para a reconstrução da Estação de Tratamento de Água (Eta) II, na capital acreana, que está precária.

“Não podemos deixar a população de Rio Branco sem água tratada”, destacou Bocalom. De acordo com Valder Ribeiro, tão logo retorne a Brasília, irá cobrar essa agilidade.

A reunião aconteceu na sede da superintendência no Pará/Foto: Ascom

“Estarei pessoalmente acompanhando esse trabalho e comunicarei ao prefeito da aprovação desse recurso”, enfatizou Valder Ribeiro.

Participaram do evento prefeitos, governadores, secretários de estado, lideranças de movimentos sociais, empresários, pesquisadores, estudantes e professores de instituições de ensino e pesquisa.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost