Senador Jorge Viana reconhece que presídios do Acre viraram escritório do crime organizado


Durante a posse do novo comandante da PM, viana disse: “Nós erramos no passado"

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

Durante a posse do novo Comandante Geral da Polícia Militar do Acre na manhã de quinta-feira (18), em um discurso emocionado de quase 30 minutos, o senador da República, Jorge Viana (PT), falou da fragilidade da Segurança Pública no Estado e do caos sobre a violência instalado em relação ao avanço sem controle das facções criminosas que vêm atuando não só no Acre, mas em todo país.

Segundo Jorge Viana: “Nós reconhecemos que erramos no passado e queremos agora corrigir isso para que tenhamos um futuro. Eu sei que a nossa gloriosa PM não tem medido esforços para combater o crime, mas eu sei também que podemos fazer mais. Hoje a violência campeia sem controle no Acre e no restante do Brasil. Temos que dar um basta em tudo isso. Os presídios hoje viraram os escritórios do crime organizado e das fações. O bem sempre vence o mal e eu acredito que iremos vencer essa guerra”, disse Viana.

Senador Jorge Viana/Foto: Assessoria

Em relação ao reaparelhamento das forças de Segurança Pública no Acre, Jorge Viana destacou que: “Não adianta somente investirmos em armamentos, viaturas e outros meios de suporte para dar condições para o policial trabalhar no combate ao crime. Não que isso não seja fundamental e necessário, mas é preciso, acima de tudo, que nós, o governo, devemos e podemos trabalhar mais o lado humano das pessoas, com mais investimentos, sim, na área da educação, para que nossos jovens possam sonhar com um amanhã tranquilo e tenham a esperança de um futuro de paz”, finalizou o senador.

comentários

Outras Notícias

Veja Também