25.3 C
Rio Branco
23 janeiro 2022 11:14 am

Deputado denuncia atraso em obra da maternidade de Feijó

POR

Última atualização em 12/02/2016 13:36

Deputados do PSDB denunciam atraso em obra da maternidade de Feijó
Deputados do PSDB denunciam atraso em obra da maternidade de Feijó

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga, denunciou na sessão desta quinta-feira (11) que as obras de construção do centro educativo de Feijó ainda não foram concluídas após terem sido iniciadas há mais de cinco anos. O tucano afirmou que o Estado segue pagando alugueis do prédio onde o centro funciona provisoriamente.

O parlamentar denunciou ainda o atraso na entrega da maternidade de Feijó. A obra orçada em quase R$ 1 milhão foi iniciada em outubro de 2013, com previsão de entrega de 180 dias, mas ainda encontra-se inacabada. O tucano esteve acompanhado do presidente do PSDB no Acre, o deputado federal Wherles Rocha, onde divulgaram vídeo do local da obra.

“A maternidade já deveria está recebendo as parturientes, mas elas precisam se deslocar até Tarauacá para poder dar à luz”, disse Rocha.

Sobre a obra do centro socioeducativo da cidade, Gonzaga disse que a obra teve início em 2010, e que nos últimos dois anos o local foi completamente abandonado. O parlamentar classificou a situação como vexatória. “É mais uma obra que não foi concluída e que por conta disso o Estado continua pagando aluguel. Isso é um descaso com o dinheiro público”, criticou.

Luiz Gonzaga afirma que o governo do Acre investiu R$ 3 milhões na obra, fruto de convênios com o BNDES, e que o centro deveria ter sido entregue em 18 meses após o início da construção. “Tudo lá está abandonado. Os vigias que trabalhavam no local estão há oito meses sem receber. A Eletroacre cortou o fornecimento de energia” disse.

obrainacabada2
Maternidade deveria ser entregue em 2014

Segundo o parlamentar, “não pode de forma nenhuma um governo ser tão incompoetente”. “Desde 2010 gastaram mais de R$ 3 milhões, mas o centro educativo ainda está funcionando em uma casa alugada em Feijó. O aluguel está atrasado há noves meses, e o proprietário do imóvel disse que não vai mais renovar o contrato. Quem vai pagar a conta é o povo acreano de uma obra que está abandonada e se acabando. Portanto, eu estou apresentando uma indicação para que o governo conclua a obra e coloque em funcionamento”, destacou o líder do PSDB.

obrasfeifo
Obras de construção do centro educativo de Feijó ainda não foram concluídas após terem sido iniciadas há mais de cinco anos
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.