Rio Branco, Acre,


Casal segue desaparecido após veículo ser encontrado queimado no bairro Amapá

Imagens de câmeras dos vizinhos de Arnaldo foram entregues para a perícia

Rairlene e Arnaldo desapareceram na última quinta-feira
Rairlene e Arnaldo desapareceram na última quinta-feira

A família de Rairleny Ganum da Silva, 19, ainda permanece à procura de respostas sobre o desaparecimento da jovem e do pai de um de seus filhos, Arnaldo Praxedes, 63, que desapareceram juntos no último dia 2 deste mês.

O carro em que haviam saído foi encontrado queimado no Ramal do Pica-Pau, no bairro Amapá, e a polícia diz que segue investigando.

PUBLICIDADE

Segundo a irmã, Rairla Ganum, a própria família se encarregou de colher informações que ajudassem a polícia nas investigações.

Imagens de câmeras dos vizinhos de Arnaldo foram entregues à perícia.

Os investigadores trabalham com três linhas de investigação: sequestro, homicídio ou latrocínio, mas, durante a última coletiva dada à imprensa, o delegado Pedro Paulo Buzolim diz não poder confirmar se estão mortos, já que nenhum corpo foi encontrado até o dado momento.

Entenda o caso

Rairleny Ganum e Arnaldo Reis Praxedes desapareceram desde o dia 2, quando Arnaldo foi até a casa de Rairleny dizendo que ia conseguir um emprego para ela.

O veículo em que saíram juntos foi encontrado queimado na noite do mesmo dia, no Ramal do Pica-Pau, dependências do bairro Amapá, em Rio Branco.

Ambos têm um filho de um ano e cinco meses e já não mantinham mais uma relação conjugal.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up