Mototaxista é violentada por passageiro e polícia encontra corpo de homem próximo ao local do crime


Colegas da vítima ajudaram nas buscas; polícia aguarda laudo para definir se a morte está relacionada à agressão sexual  

REDAÇÃO CONTILNET

Uma mulher que não teve o nome revelado pela polícia foi violentada por um suposto cliente ao atender a uma chamada via radiotáxi. Ao pegar o cliente no Conjunto Tucumã, os dois seguiram em direção da Estrada do Barro Vermelho.

Ao chegarem nas imediações, ele mandou que ela entrasse no Ramal das Flores, onde foi dominada e violentada pelo acusado.

O caseiro de uma propriedade perto do local onde a mototaxista foi violentada disse ter ouvido, por volta das 15 horas, vozes de um homem e uma mulher vindas do interior do matagal.

Mesmo pensando se tratar de um casal de namorados, ele pegou os seus cachorros ele e foi até o local de onde partiam as vozes. Mas como não ouviu mais nada, regressou para casa.

Por das 17 horas, ainda segundo o caseiro, uma mulher teria saído de dentro do mato completamente nua e pedindo socorro.

O caseiro e a esposa acolheram a vítimas e acionaram o Samu e a Polícia Militar, que chegaram rápido ao local.

Depois de medicada pelos paramédico, a vítima foi levada ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Frota

Ainda segundo o caseiro, logo em seguida vários mototaxistas chegaram à propriedade, e junto com a polícia iniciaram as buscas pelo autor do estupro.

Mesmo com a partidas os policias, os colegas da mulher agredida continuaram as buscas. Pouco tempo depois, mais mototaxis chegaram ao local.

Já havia escurecido quando o grupo deixou a região. De volta ao local do crime, policias militares encontraram o corpo de um homem numa área de terra localizada no ramal onde a vítima fora violentada.

Investigação haverá de esclarecer se crimes estão relacionados/Foto: cedida

Os policias acionaram os peritos do Instituto Médico Legal. O corpo do homem que não teve o nome divulgado foi levado para o IML de Rio Branco.

comentários

Outras Notícias

Veja Também