Rio Branco, Acre,


Raro: Marte será ocultado pela Lua neste fim de semana

Última ocultação rasante do planeta vermelho foi vista no RS em maio de 2005

Pelo segundo mês consecutivo, Marte será coberto pela Lua. O fenômeno, que é considerado raro, acontecerá na madrugada de domingo (6) e poderá ser visto de diferentes maneiras nas diversas partes do território gaúcho. Contudo, desta vez, o ponto de destaque da observação ficará para as regiões do Planalto, ao norte, e da Campanha, no sudoeste do Estado. Nessas áreas, será possível ver uma ocultação diferente. Ela será do tipo rasante, ou seja, o planeta passa de raspão pelas bordas da Lua.

A visualização da ocultação rasante será possível em uma linha imaginária entre Alegrete e Passo Fundo. Já para o lado oeste dessa linha, a ocultação será vista de maneira total e, para leste, não será observado o desaparecimento, mas, sim, uma aproximação de Marte junto à Lua. Esse tipo de ocultação é rara porque a faixa de visibilidade é muito estreita, explica Luiz Antônio da Silva, astrônomo e coordenador do Núcleo de Astromídia da Rede Omega Centauri:

PUBLICIDADE

— A faixa tem alguns quilômetros de largura. Algo entre cinco e 10 quilômetros. O último fenômeno deste tipo que tivemos no Estado foi em 31 de maio de 2005, mas, desta vez, veremos. Em Alegrete, a ocultação se dará entre 0h05min e 0h15min. Já em Passo Fundo, o fenômeno acontecerá entre 0h05min e 0h21min.

 

O astrônomo afirma que, para fazer a observação, basta se posicionar olhando em direção à Lua munido de um telescópio ou binóculo. Esses instrumentos são necessários porque, apesar de o satélite natural estar 86% iluminado, sua fase é a minguante.

Em Porto Alegre e arredores, será possível observar uma quase ocultação. Quer dizer, não ocorrerá o desparecimento de Marte, mas o planeta vermelho ficará muito próxima da Lua. O ponto máximo de proximidade será à 0h13min.

Essa série de fenômenos envolvendo esse planeta e o satélite natural da Terra é resultado da geometria entre eles, diz Silva.

— Isso é fruto e coincidência do plano de órbita dos elementos envolvidos. Neste momento, a inclinação da órbita da Lua permite que ela oculte Marte com relativa frequência — pontua.

Vale lembrar que ainda teremos a terceira e última observação astronômica neste estilo. A próxima ocultação de Marte pela Lua será na noite de 2 para 3 de outubro e será vista como rasante em Porto Alegre.

(Foto:Greg Shirah / NASA)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up