19.3 C
Rio Branco
29 julho 2021 8:00 pm

Trump e Biden poderão ter seus microfones desligados durante debate de quinta-feira

POR O GLOBO

A comissão responsável pela organização dos debates presidenciais nos EUA anunciou uma mudança crucial para o próximo duelo entre Donald Trump e Joe Biden, marcado para esta quinta feira (22): agora, a moderadora Kristen Welker, da NBC, poderá desligar o microfone de um dos candidatos enquanto o outro estiver respondendo a uma das perguntas feitas por ela. Com isso, tentará evitar o que alguns eleitores consideraram ser um “tiroteio do velho oeste” no primeiro embate.

A medida é válida apenas para a primeira pergunta de cada um dos seis segmentos do programa, o que, na prática, permite aos dois que falem livremente por até dois minutos. A restrição não será aplicada às perguntas seguintes — nesse caso, o tempo perdido com a interrupção será compensado posteriormente.

Desde o primeiro debate entre os dois candidatos, no fim de setembro, a comissão vem sendo pressionada para adotar medidas que permitam uma discussão mais fluida. Na ocasião, Trump interrompeu Biden e o moderador, Chris Wallace, cerca de 120 vezes durante os 90 minutos de programa — no debate entre os candidatos a vice, Mike Pence e Kamala Harris, o clima foi um pouco mais cordial, mas a democrata foi interrompida em várias ocasiões.

Na declaração à imprensa anunciando as mudanças, a comissão sinalizou que “fez o possível”. “Percebemos, após discussões com as duas campanhas, que nenhuma delas ficará completamente satisfeita com as medidas anunciadas hoje. Uma pode pensar que elas foram muito longe, outra que não fomos longe o suficiente”, disse o comunicado.

O segundo e provavelmente último debate entre Donald Trump e Joe Biden terá duração de 90 minutos, seguindo o mesmo formato do primeiro programa, com os candidatos em púlpitos e separados por pelo menos dois metros de distância. Os temas escolhidos foram: “A luta contra a covid-19”; “Famílias americanas”; “Raça nos EUA”; “Mudanças climáticas”; “Segurança nacional” e “Liderança”.

O duelo acontece na Universidade Belmont, em Nashville, no estado do Tennessee.

Este deveria ser o terceiro debate entre os candidatos, mas o debate originalmente marcado para a semana passada, no formato “town hall”, foi cancelado depois que a campanha de Trump se recusou a realizá-lo à distância — o presidente foi diagnosticado com a Covid-19 no começo do mês, e essa foi apresentada como uma medida de segurança. No dia 15, data prevista, os dois participaram de programas diferentes, no mesmo horário. [Foto de capa: Justin Sullian/AFP]

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.