Rio Branco, Acre,


Jingles reciclados, onda de forró e ‘O homem disparou’: como foi a campanha musical no 1º turno

Veja cobertura musical da eleição: enquanto sucessos de Anitta, Safadão, Marília e mais viraram jingles. Mapa mostra domínio do forró nas capitais

Um jingle genérico chamado “O homem disparou” saiu do nada para virar hit de verdade.

Por outro lado, sucessos reais de Anitta, Wesley Safadão, Marília Mendonça e outros viraram jingles.

PUBLICIDADE

Os ritmos foram variados, mas o forró predominou nas capitais.

As três frases acima indicam os principais resultados do primeiro turno da eleição 2020 no Brasil no campo musical.

“O homem disparou”, um jingle genérico em ritmo de forró no teclado, a pisadinha, foi o grande hit das eleições.

Mas outras músicas já consagradas também tocaram bastante para exaltar candidatos, graças a um precedente judicial aberto por Tiririca em disputa contra Roberto Carlos.

Com relação aos ritmos, o forró foi o mais usado em jingles de candidatos a prefeitos em capitais do Brasil em 2020.

Dos 316 candidatos, 181 haviam divulgado jingles nas redes sociais até o final de outubro.

Dessas, 55 faixas são de forró, de longe o ritmo mais tocado.

Em seguida entres os mais comuns vêm pop (19), sertanejo (14), samba (11), funk (13), axé (13) e brega (12). Mas a distribuição por cidade variou. Veja o mapa abaixo:

No ritmo dos jingles — Foto: Élcio Horiuchi / G1

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up