Rio Branco, Acre,


PSL reprova mensagens do coronel Kinpara e se solidariza com candidato a vereador

Hildegard Paschoal do PSL foi rotulado pelo coronel da PM como alguém "não confiável"

O PSL do Acre se posicionou, na terça-feira (3), sobre o vazamento de uma conversa privada do coronel da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), Marcos Kinpara – irmão do candidato do PSDB à prefeitura, Minoru Kinpara –, com uma pessoa não identificada.

LEIA MAIS: Irmão de Minoru diz que não confia em candidato do PSL e cria nova crise entre as siglas

Em nota, o partido se solidariza com Hildegard Paschoal e reprova as acusações. Na disputa por uma vaga à Câmara Municipal, o filho do ex-deputado federal e ex-comandante da PM, Hildebrando Pascoal, foi rotulado pelo coronel Kinpara como “não confiável”.

A mensagem provocou um mal-estar na aliança entre PSL e PSDB, que compõem a mesma chapa. “Não confio no seu candidato a vereador. Ele não apoia Minoru de coração. Tenha cuidado para não se decepcionar”, dizia um trecho do texto atribuído ao irmão de Minoru.

Leia, na íntegra, a nota do PSL:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up