Rio Branco, Acre,


Globo terá que abrir ‘caixa preta’ do BBB após ser processada por Marcos Harter

O motivo de Marcos estar processando a emissora é que ele alega que foi prejudicado pela expulsão

Ex-BBB e cirurgião plástico Marcos Harter processou a TV Globo por danos morais após ser expulso do reality na véspera da final. Ele pede que a emissora pague R$ 750 mil de indenização e, por isso, a Justiça pediu que a empresa abrisse a “caixa preta” do programa para mostrar as gravações do confessionário dos dias 9 e 10 de abril de 2017, quando o BBB17 estava no ar.

Marcos apresentou três prints extraídos do Globoplay, que mostram as idas de Emily ao confessionário, sendo que a emissora forneceu apenas duas dessas gravações. Um dos vídeos mostra a produção do programa conversando individualmente com Marcos e Emily, e o outro mostra a advogada da Globo e um médico interrogando a ex-sister sobre as supostas agressões sofridas por ela dentro do reality, em um relacionamento dito abusivo pelos telespectadores.

O motivo de Marcos estar processando a emissora é que ele alega que foi prejudicado pela expulsão. O ex-BBB esperou três meses para entrar com a ação para provar que a campeã da edição, Emily, não tinha intenção de denunciá-lo, mesmo ele tendo sido denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro na época. Em sua defesa, a Globo afirma que passados os três anos, a emissora não tem obrigação de manter o conteúdo bruto das gravações do programa, tendo em vista que os registros não foram exibidos para o público e não estão no acervo da empresa.

Fonte: ISTO É 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up