26 C
Rio Branco
17 abril, 2021 9:39 am

Primeiros colocados se enfrentam em jogos decisivos do Brasileirão 2020

POR IG

Em campeonatos de pontos corridos existe aquele clichê de que “todo jogo é uma final”, mas sempre tem aquelas rodadas que por circunstâncias de calendário e posição na tabela significam muito mais.

E a 31ª rodada do Brasileirão separou nada menos do que três jogos insanos na briga pelo título da edição 2020.

Em uma ocasião extremamente rara, os seis primeiros colocados da competição se enfrentam nos próximos dias, prometendo mexer com a reta final.

São Paulo, Internacional, Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras e Grêmio são, nesta ordem, os seis primeiros colocados do Brasileirão.

A distância do líder para o 6º é de apenas sete pontos, mas os dois primeiros já completaram 30 jogos, enquanto os demais possuem apenas 29.

Isso quer dizer que a disputa ainda está aberta, e é por isso que entre quarta e quinta-feira a competição viverá dias decisivos que são raros em pontos corridos.

Grêmio x Atlético-MG – Quarta-feira (20), às 19h15 (de Brasília)

O Grêmio é o sexto colocado com 50 pontos em 29 jogos, mesmo número de partidas que o Atlético-MG disputou, mas que soma três pontos a mais.

Mais do que isso, é o duelo da melhor defesa contra o melhor ataque do Brasileirão 2020 (o Imortal sofreu apenas 24 gols e o Galo marcou 51 vezes).

Para a partida, o Grêmio ainda espera contar com o retorno de Pedro Geromel, que sofreu uma lesão muscular contra o São Paulo na Copa do Brasil.

Ele já treina com o elenco e pode reforçar a defesa do Imortal, que vem sendo um grande destaque do campeonato.

Outra dúvida é Matheus Henrique, que sofreu uma pancada na panturrilha e ainda acusa dores na região. Existe a possibilidade do atleta ser poupado para o Gre-Nal do fim de semana.

O Atlético-MG também não tem uma lista de problemas para a partida. Diego Tardelli segue fora, apesar de estar treinando, assim como Matías Zaracho, este devido à uma contusão sofrida contra o Coritiba, no final do ano passado. De resto, força máxima para Jorge Sampaoli montar o time como quiser.

Em casa, o Grêmio não perde para o Atlético-MG desde 2013, uma vantagem considerável para um confronto tão equilibrado.

Na temporada, o Imortal vem de sete partidas sem perder. Já o Galo foi derrotado apenas uma vez nos seus últimos oito compromissos. Por isso, a promessa é de um belo jogo na Arena do Grêmio.