Rio Branco, Acre,


São Francisco tem negociação com empresa de fora do Acre para gerir futebol profissional na temporada

Empresário que intermedia conversas diz que proposta é baseada no modelo clube-empresa

O São Francisco pode ter uma mudança brusca na gestão do futebol profissional em 2021.

Sem recursos próprios para investimentos na formação de uma equipe competitiva no Campeonato Acreano, o São Chico tem negociação em fase avançada com uma empresa situada em Brasília (DF).

Apesar do presidente do São Francisco, Bismarck Luis, não ter divulgado o teor da proposta apresentada, o empresário Fagner Calegário, que está intermediando as conversas com o dirigente, revelou detalhes do possível acordo ao ge, nessa sexta-feira (8).

Fagner Calegário, que também é sócio de uma empresa disposta a investir no futebol do São Francisco, garantiu que a empresa interessada é da área esportiva.

A intenção é implantar no São Chico o modelo clube-empresa, que já é praticada em outras equipes do Brasil e do mundo.

– O que a empresa quer é colocar aquele modelo que agora é muito comum Brasil afora que é clube-empresa, uma empresa chega para gerir, como aqui os clubes são pequenos, ela vai gerir a parte do futebol. Esse é o formato que eles querem trabalhar – explica.

Empresário Fagner Calegário tem sido intermediador das negociações com São Francisco — Foto: Quésia Melo

Após reunião nessa sexta, o empresário conta que o acordo foi encaminhado, faltando apenas a formalização da proposta e do contrato. A expectativa é que é negócio seja fechado até a próxima terça-feira (12).

– Chegamos em um consenso, finalizamos o acordo, ele aceitou a proposta e as condições e, com base nisso, estamos esperando ele entregar a documentação para formalizar o contrato – afirma.

– Uma das cláusulas do contrato é que a empresa que vai gerir vai fazer um aporte financeiro para que ele (presidente) possa fomentar as categorias de base – completa o empresário.
Se o acordo for concretizado, será válido por uma temporada, mas poderá ser renovado mediando interesse de ambas as partes.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up