Rio Branco, Acre,


Bittar e Damares prometem ao governo do Acre mais recursos para atender autistas

A ministra garantiu ainda que virá ao Acre conhecer pessoalmente o CENTRIN em Cruzeiro do Sul e Tarauacá

O Governo do Estado do Acre, representado pelo vice-governador Major Rocha esteve reunido, em agenda na Capital Federal, com o senador Márcio Bittar (Relator do Orçamento) e a Ministra Damares Alves (Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos), para tratar sobre melhor estrutura no atendimento aos autistas, com assistência às famílias e recursos para ampliar e expandir vagas em terapias e acelerar diagnóstico.

Participaram da reunião o senador Sérgio Petecão, o Presidente da Família Azul no Acre, Abrahão Púpio, e o médico Aldemar Mazinho, fundador com apoio/custeio das prefeituras do Centro de Tratamento de Integração Sensorial (CENTRIN), nas cidades de Cruzeiro do Sul e Tarauacá.

No encontro, marcado pelo Senador Márcio Bittar a pedido de Major Rocha, o Presidente da Família Azul, Abrahão Púpio e o médico Aldemar Mazinho apresentaram à Ministra Damares Alves os problemas enfrentados na garantia dos direitos previstos em lei, como a falta de vagas às terapias necessárias e ao diagnóstico célere na rede pública, entre outros.

Damares Alves e o senador Márcio Bittar, que é o Relator do Orçamento da União, se comprometeram em alocar e executar recursos para aumentar o número de famílias atendidas e à expansão do CENTRIN para outros municípios acreanos. A ministra garantiu ainda que virá ao Acre conhecer pessoalmente a entidade nas cidades de Cruzeiro do Sul e Tarauacá.

“É de interesse do governo do Estado estruturar e garantir os direitos dos portadores de autismo e de seus familiares. Estamos trabalhando para fortalecer a atuação do CENTRIN em Cruzeiro do Sul e Tarauacá e por conta disso estamos em Brasília, onde recebemos o apoio irrestrito do senador Márcio Bittar, na busca de recursos para implantar o Centro de Tratamento de Integração Sensorial em outras cidades acreanas. O CENTRIN tem realizado um excelente trabalho no tratamento dos autistas e na assistência às famílias e é nosso dever, enquanto governantes e parlamentares garantir que esse trabalho seja fortalecido cada vez mais”, enfatizou Major Rocha.

Ainda nesta quinta-feira, 4, a pedido da Ministra Damares Alves, Abrahão Púpio e Aldemar Mazinho participam de uma reunião com a equipe de Políticas Temáticas da Pessoa com Deficiência para debater sobre o assunto.

“Estou muito otimista com a possibilidade real de termos diagnóstico mais célere e terapias especializadas às famílias de autistas acreanos, cuja maioria é constituída de pessoas pobres, centenas vivendo de bolsa família e BPC do INSS, e outras nem isso têm. Muitas mães solteiras que sequer conseguem trabalhar, cuidando de seus filhos(as)”, comentou o presidente da Família Azul.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up