34.3 C
Rio Branco
26 setembro 2021 6:06 pm

Ex-BBB justifica festa clandestina com Henri Castelli: “Morrendo de saudade”

Natália Casassola disse que, quando chegou, o evento tinha apenas cinco pessoas e que ela tinha feito recentemente o teste para detectar o novo coronavírus

POR IG

Última atualização em 27/04/2021 17:03

Natália Casassola, 35, se pronunciou sobre sua presença em uma festa realizada em uma chácara de Hidrolândia, Goiás, no último fim de semana.

O evento, que também contou com a presença do ator Henri Castelli, tinha apenas cinco pessoas quando Natália chegou, de acordo com o depoimento da ex-BBB.

À revista Quem, Natália disse que estava passando pela cidade, que fica na região metropolitana de Goiânia, quando ligou para Rafael Eduardo, que foi seu empresário por quase 10 anos.

“Ainda trabalhamos juntos, mas não mais com frequência, porque não ando mais de avião, porque tenho síndrome do pânico. Quando você trabalha com uma pessoa há muito tempo, você sente falta dela”, explicou.

Natália ainda disse que, na noite anterior, o empresário ajudou a produzir a live do Lucas Guimarães, o marido do Carlinhos Maia.

“Em todas as lives, as pessoas fazem teste de Covid-19 e seguem os protocolos. Eu trabalho na Integração, que é filial da Globo aqui em Minas Gerais e ela também tem todo o procedimento e protocolo de prevenção do Covid-19. Nós seguimos todos os protocolos e sabia que não íamos ter problema nenhum”, justificou a ex-BBB.

“As pessoas me julgaram muito porque fui encontrar um amigo que não via há cinco anos e elas não estão visitando nem a família. Mas, tanto eu, quanto o Rafa, o meu marido que trabalha em uma multinacional, que faz semanalmente teste de Covid-19, sabíamos que não estávamos correndo risco algum. Se eu não fosse encontrar ele na chácara dele, iria em Goiânia, porque estava morrendo de saudade”, disse.

“E lógico, estava convicta de que nós três estávamos com os testes em dia. As pessoas deveriam se informar melhor, para evitar tanta acusação. Não somos idiotas de colocar nossas vidas em risco”, ressaltou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.