30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 5:31 pm

Apresentador da Record detona cobertura da morte de MC Kevin na TV

POR TERRA

O Balanço Geral RJ da última segunda-feira (24) exibiu um vídeo inédito de MC Kevin um tanto quanto desnorteado no quiosque em frente ao hotel onde estava hospedado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. As imagens da Record deram a entender que o funkeiro estava embriagado.

Após a exibição do vídeo, Tino Júnior interrompeu o roteiro do telejornal local da Record e criticou abertamente o trabalho da imprensa, incluindo a TV, na cobertura da morte do cantor.

“Desde o início, sem fazer espetáculo, a gente tem dito aqui: não tem crime na história. Não tem crime. Foi um acidente”, defendeu o jornalista. A crítica dele não foi endereçada nominalmente para alguém, mas foi um recado explícito para pelo menos um de seus colegas: Luiz Bacci.

Tino Júnior
Tino Júnior comenta cobertura sobre a morte de MC Kevin (Imagem: Reprodução / Record)

“O cara na paranóia, corpo cansado… Se o corpo está assim, imagina a mente… O cara num estado desses vê fantasma, vê assombração, vê tudo”, especulou o âncora do jornalístico do Rio.

Ao contrário de Tino Júnior, o apresentador do Cidade Alerta transformou o assunto em um reality show. Na última terça-feira (18) durante o cortejo fúnebre de MC Kevin, Bacci chorou, soluçou e abriu espaço para uma música melancólica no programa da Record.

Leia a matéria completa em TERRA, clique AQUI!

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.