19.3 C
Rio Branco
19 junho, 2021 4:00 am

Há 45 anos, Globo “sabotou” Silvio Santos, que estava de malas prontas para três canais

Silvio Santos foi obrigado a fazer seu último programa na Globo em cores

POR NA TELINHA/ UOL

Silvio Santos não teve a melhor das despedidas da Globo em 1976, após 11 anos comprando horários. Depois de ver a TV Tupi (1950-1980) anunciar “Silvio Santos a cores”, o canal da família Marinho obrigou o Homem do Baú a produzir seu último programa totalmente colorido, o que gerou estresse, briga e até ameaças. Guardada as devidas proporções, o caso pode se assemelhar ao que Fausto Silva, pode passar em seus últimos meses de contrato na Globo. O comunicador, que já assinou com a Band por cinco anos a partir de 2022, pode ficar na geladeira nos últimos quatro meses do ano.

Naquela época, Silvio Santos também já tinha tudo pronto para entrar nos domingos da TVS, canal 11 do Rio de Janeiro, e da Record. Silvio tinha comprado metade das ações do canal 7 paulistano através de uma transação sigilosa, pois seu contrato com a Globo o impedia de se tornar sócio de emissoras. O animador garantiu ainda um espaço na Rede Tupi, que não demorou para alardear sua estreia.

O contrato de Silvio com a Globo iria até o final de julho, e foi cumprido até o último dia. Mas, na quinta-feira que antecedeu sua última exibição, há quase 45 anos, o animador foi avisado por Eduardo Lafon (1948-2000), na época diretor de programação da Globo em São Paulo, que teria que levar seu programa em cores.

Leia a matéria completa em UOL, clique AQUI!

 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.