20.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 10:26 am

‘Seria o princípio do fim?’, diz Sheherazade após queda de estátua da Havan

POR UOL

A jornalista Rachel Sheherazade disse que a queda da estátua símbolo das lojas Havan, do empresário Luciano Hang, em Capão da Canoa, no Rio Grande do Sul, por causa de uma ventania hoje, foi um recado que “veio dos céus”, e questionou se esse seria um indício “do fim” da era bolsonarista, “o armagedom dos justos contra o bolsonarismo”.

Crítica do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a comunicadora pontuou que Hang, a quem ela chamou de “show man”, é um dos aliados mais fervorosos do chefe do Executivo Federal, e classificou como “cafona” a estátua da Liberdade erguida em frente às lojas do empresário.

“O recado veio dos céus na forma de um vendaval que derrubou um dos símbolos do Bolsonarismo – a cafona réplica da Estátua da Liberdade, adorno das lojas Havan, de propriedade do empresário e ‘show man’ Luciano Hang, mais conhecido como ‘Véio da Havan'”.

Segundo Rachel Sheherazade, embora Luciano Hang seja crítico da China, “até dez por cento dos produtos da empresa são comprados no país comunista que Hang tanto combate em público”

Por fim, a jornalista comemorou o fato de ninguém ter sido ferido durante a queda da estátua e lembrou o episódio no qual o ex-presidenciável Cabo Daciolo “previu” o tombamento da estátua.

“Para os supersticiosos, um aviso dos céus. Seria o princípio do fim? O Armagedom dos justos contra o Bolsonarismo? Para quem acredita em sinais, pode até ser o fim dos tempos – sombrios”, concluiu.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.