20.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 8:50 am

Acreano vítima de homofobia em podcast é expulso de casa após denunciar o caso

Lucas confirmou a informação à reportagem do ContiNet. "Fui expulso de casa, infelizmente", contou

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O estudante senamadureirense Lucas Lima, de 19 anos, vítima de ataque homofóbico durante a transmissão do programa Submundo Podcast, foi expulso de casa pelo pai, nesta sexta-feira (4).

SAIBA MAIS:‘Gayzinho’: Humoristas acreanos fazem trote com blogueiro e caso pode parar na Justiça 

Depois de procurar a delegacia para registrar um boletim de ocorrência sobre o fato – quando foi chamado de “gayzinho” -, o rapaz precisou ser acolhido pela avó materna.

O assunto repercutiu na internet/Foto: Reprodução

Lucas confirmou a informação à reportagem do ContiNet. “Fui expulso de casa, infelizmente”, contou.

Entenda o caso

O influencer do município de Sena Madureira, Lucas Lima, de 20 anos, afirma ter sofrido ofensas e que foi alvo de homofobia pelo canal do YouTube denominado ‘Submundo’.

VEJA TAMBÉM: Tia pede justiça após polêmica entre influencer e humoristas no AC: “Para que famílias não chorem mais”

Ele afirmou que se sentiu ofendido e foi ridicularizado ao vivo pelo canal apresentado pelos humoristas acreanos Pedro Moreira, Geovany Calegario e Maykon Jones.

No vídeo postado no dia 1 de junho, no canal, o trio passa um trote para o influenciador e tenta contratá-lo para uma cobertura do concurso de beleza Miss Acre Gay. O influencer recebeu a ligação do humorista Maykon Jones, que após longa conversa finaliza chamando-o de ‘gayzinho’ em ligação pelo WhatsApp.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.