26.3 C
Rio Branco
15 setembro 2021 2:20 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Estado adia ‘Lockdown’ registrando mais alta de 46 mortes e 2252 casos Covid

Com mais de 2 mil casos e 46 novos óbitos, Covid-19 não para de crescer no MS

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – Após ontem ter sido dados espaço e cobertura da imprensa a divulgação de decisão que Governo decreta Lockdown em 50% de Mato Grosso do Sul , hoje se volta a realidade da Pandemia do Covid 19, em números que continuam altos no Estados. São 46 mortes e 2.252 novos casos positivos ao coronavirus em MS, conforme dados divulgados no fim manhã desta sexta-feira (11), na tradicional Live da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Os internados são 1.252, continuando a lotação de UTIs.

Segundo atualização das últimas 24 horas, vieram a óbito no Estado o total de 46 pessoas, que perderam a vida para o vírus, totalizando 7.366 mortes, desde março do ano passado. O número eleva a média móvel de óbitos para 47.9 mortes e coloca o Estado como o maior no número de incidência de mortes.

Conforme a SES, já o número de infectados registrados de ontem para hoje são os 2.252 novos casos, que segue em ascensão, despertando a preocupação no órgão responsável pela saúde. Até o momento, o total geral são 310.626 casos confirmados em MS.

A transmissão da Live contou com a presença do Secretário de Saúde Geraldo Resende, que destacou também as informações sobre o significativo aumento dos casos, bem como as novas medidas de restrição, que atuaram no combate a Civid1-9. a partir das 00:00 horas do domingo (13). As restrições mais rígidas iriam iniciar nesta sexta-feira, mais foram adiadas por dois dias. Geraldo explicou novamente porque o Lockdown em MS é adiado após pressão do ‘Dia dos Namorados’ , conforme noticiamos no inicio da manhã.

Já voltando aos Dados atualizados, foi dito ainda que muitos pacientes seguem realizando isolamento em casa, que segundo o boletim de hoje somam 19.784 até o presente momento.

Internados em hospitais

O total de internados é de 1.252, entre as redes públicas e privadas de saúde, registrando ainda acréscimo e elevação. Os pacientes que seguem em tratamento só nas unidades hospitalares públicas são 500 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 413 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves.

De acordo com a SES, a lista de espera para os que aguardam por um leito de tratamento de covid no Estado, não para de subir, contribuindo ainda mais para o colapso já instalado na saúde. “A Central de Regulação de Campo Grande tem 171 pessoas em lista de espera. A disponibilidade de leitos de UTI destinados a Covid na Capital é de 104%, onde tem sido necessário a criação de leitos improvisados”, disse o secretário.

E ainda se encontram aguardando para análise, 5.095 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) que está operando com sobrecarga. Segundo informações da SES, o processamento dos resultados leva em média 72 horas.

Essas e outras informações sobre a pandemia no Estado, podem ser acompanhadas através do site: https://www.coronavirus.ms.gov.br/

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.