30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 5:56 pm

Rafael Cardoso fala de cirurgia no coração: “Eu era uma bomba-relógio”

Em live no Instagram, o artista confessou que tinha conhecimento de um sopro no coração desde os tempos em que era atleta de futebol

POR METRÓPOLES

No ar em quatro reprises de novelas da TV GloboRafael Cardoso, de 35 anos, está em recuperação de uma cirurgia, realizada no último dia 3.

O ator recebeu um implante de desfibrilador cardíaco, para cuidar de uma doença chamada miocardiopatia hipertrófica.

O procedimento é um método preventivo para evitar uma morte súbita.

“Eu estava com 14% de fibrose com 20 milímetros de hipertrofia. Com o meu histórico familiar, eu era uma bomba-relógio. Não morri porque não tinha que morrer e me assustei bastante”, lembra o global.

Em live realizada no Instagram, o artista confessou que tinha conhecimento de um sopro no coração desde os tempos em que era atleta de futebol, mas parou de fazer acompanhamento médico por relaxamento e por se sentir bem.

“Sempre fui atleta. Joguei futebol no Grêmio, Aimoré e Internacional. Sempre corri, malhei e o diagnóstico que tive lá trás é que eu tinha um sopro no coração. Eu tinha, mas estava controlada e não continuei acompanhando porque estava tudo certo e por um relaxamento de não ir atrás mesmo”, explicou Rafael Cardoso.

O global disse só ter descoberto a doença por pressão da mãe, da sogra e da esposa Mariana Bridi.

“Eu sempre fiz tudo, meia maratona, crossfit, pelada três vezes na semana, trabalhava de madrugada… Fiz o exame e demorou quatro meses para eu voltar para ver porque estava na roça, mas a minha prepotência foi grande porque o médico disse que tinha alguma coisa errada. Eu estava malhando para novela e etava fortão e tinha malhado perna um dia antes. Aí, fui fazer bicicleta e a minha perna queimou rápido. Só que ele viu que o meu coração começou a desfibrilar errado e eu, na minha ignorância, falei que foi porque eu malhei perna pesadão”, contou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.