18.3 C
Rio Branco
3 agosto 2021 7:57 am

“Depois de Dora” volta aos palcos para sua terceira temporada, em Rio Branco

A nova temporada, gratuita, tem a estreia marcada para o dia 09 de Julho

POR ASCOM

Escrita, dirigida e produzida pelo artista acreano Nolram Rocha, a peça “Depois de Dora” volta aos palcos para sua terceira temporada com a Associação Teatro Candeeiro, após ter alcançado um sucesso expressivo de público na cidade de Rio Branco/AC. De forma bem humorada e crítica, o espetáculo trata de questões que possibilitam o espectador ser confrontado ludicamente com sua própria finitude, além de trazer horizontes reflexivos sobre a valorização da vida e questões sociais em voga na atualidade.

A obra coloca em evidência o trabalho de 18 artistas locais e 6 convidados distribuídos entre o Ceará, Distrito Federal e São Paulo que, em suas várias especialidades, contribuíram direta ou indiretamente para a montagem do espetáculo teatral.

Com o total alinhamento com as restrições impostas para o combate à pandemia de Covid-19, na temporada anterior o espetáculo esgotou todas as vagas que puderam ser disponibilizadas pela Usina de Arte João Donato, inclusive, não conseguindo atender a expressiva demanda de espectadores nas últimas apresentações.

A nova temporada, gratuita, tem a estreia marcada para o dia 09 de Julho, às 19:30 horas, e segue pelos dias 10, 11, 16, 17, 18, 23, 24, 25, 29, 30, encerrando em 01 de agosto, na Usina de Arte João Donato (R. das Acácias, 1155 – Distrito Industrial, Rio Branco – AC, 69918-330).

Desta vez, o espetáculo conta com o financiamento da Lei Emergencial Aldir Blanc e o apoio institucional do Governo do Estado do Acre, através da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM).

A peça é recomendada para maiores de 14 anos e o uso de máscaras é obrigatório. A lotação permitida é de 60 lugares, com distanciamento entre eles, e haverá álcool em gel disponível no local.

SINOPSE 

Uma sucessão de escolhas desmedidas no cotidiano podem resultar em erros irreversíveis dos quais nenhum de nós está isento, nem mesmo o mais inocente dos humanos. Por caminhos internos e tortuosos, descobriremos o que levou um grupo de jovens universitários a explorar os mistérios da partida de Dora.

Quando uma mulher do seu perfil se despede do mundo da forma como foi, as questões em torno de tal acontecimento, que passam a vir à tona, balançam nossas estruturas sociais e de seres finitos.

FICHA TÉCNICA

Escrito, dirigido e produzido por:
NOLRAM ROCHA

Elenco
ISADORA | Jaqueline Chagas
ENRICO | Jhony Carvalho
GENETRIZ | Biah Araújo
CAETANO | Hysnaip Moura
LÚCIA | Lonara Teixeira
MARÍLIA | Netty França
NARCISO | Bel Gabs

Contrarregragem atuante: Biah Araújo, Bianca Cabanelas, Elias Silva, Henrique Queiroz, Jonathan Torres, Rick Santos e Weslley Silva

Arte Gráfica | Pedro Daher
Assistência de direção e produção | Elias Silva
Cantores solistas | Bel Gabs, Biah Araújo e Eyshila Cristine
Captação audiovisual | Produtora Astronautas
Costureira | D. Ivone Carvalho
Direção musical | Gustavo Leles, João Gabriel Fonseca e Nolram Rocha
Fotografia | Mag Araujo e Bianca Cabanelas
Iluminação | Jaqueline Chagas
Ass. Operação de luz | Henrique Queiroz
Piano | Eduardo Bibiano
Violão e Percussão | Eyshila Cristine
Sonoplastia | Gustavo Leles e João Gabriel Fonseca
Operação de som | Henrique Queiroz
Tecido acrobático | Hysnaip Moura
Canção original | “Fiel soldado” – Compositor: Nolram Rocha
Arranjo: Banda Laika (DF) e João Gabriel Fonseca

Patrocínio | Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) através da Lei Emergencial Aldir Blanc
Apoio | Funerária São João Batista, Morada da Paz, Recanto Food&Beer e Usina de Arte João Donato
Realização | Teatro Candeeiro

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.