30.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 3:38 pm

Marido de Paulo Gustavo entra ao vivo na Globo, faz revelações e desabafo destruidor: “me traumatizaram”

POR IG/ O CANAL

Na manhã desta segunda-feira (05), Thales Bretas bateu um papo com Fátima Bernardes durante o ‘Encontro’. Em suma, dois meses após a morte de Paulo Gustavo, o médico dermatologista desabafou sobre a saudades que sente do humorista, intérprete da icônica ‘Dona Hermínia’.

“É muito difícil ainda. É bom relembrar as coisas boas. Vivi o período de hospital e internação. Como médico, talvez estivesse preparado, mas confesso que vi coisas que me traumatizaram um pouco. Às vezes, é bom; às vezes, é melancólico”, desabafou.

Em seguida, o viúvo de Paulo Gustavo explicou que está conseguindo se manter firme por conta da grande ajuda de amigos e família, que está recebendo diariamente. “Com meu amigos e famílias vivo momento impagáveis. Vivemos em um desgoverno e o próprio presidente não inspira confiança”, explica.

“Injustiça, não. Acredito nos desígnios de Deus, mas sinto pela irresponsabilidade desse desgoverno. É uma barra o que estou vivendo. Eu, toda família e, de maneira geral, todas as famílias”, lamentou Thales Bretas.

Thales Bretas detona governo

Por fim, o marido de Paulo Gustavo aproveitou a visibilidade que recebeu na Globo para atacar diretamente o governo de Jair Bolsonaro. Apesar de não ser um militante político, o médico se coloca totalmente contra a gestão do atual presidente, principalmente após a morte do humorista, que faleceu em virtude de complicações da covid-19.

“A gente é vítima de uma pandemia mundial, mas nesse momento que a gente vive hoje, algumas atitudes do governo e de pessoas que são muito responsáveis pelo o que a gente está vivendo são incabíveis e me sinto uma dessas vítimas. É claro que é um vírus, mas poderia ter sido prevenida numa escala maior. Isso deveria ser feito de uma forma mais responsável, sinto que a gente está num desgoverno e o próprio presidente é uma pessoa que não inspira confiança e esses cuidados. Então, como respeitar?”, refletiu Thales Bretas.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.