34.3 C
Rio Branco
18 setembro 2021 2:31 pm

Delegacia de Cruzeiro do Sul passa por reforma para oferecer acolhimento mais humanizado

POR ASCOM

Última atualização em 13/08/2021 11:04

Com a finalidade de modernizar o atendimento da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente (Dempca), além de melhorar o fluxo interno de trabalho, uma reforma no valor aproximado de R$ 400 mil está sendo realizada no espaço, localizado no bairro 25 de Agosto.

Na tarde desta quinta-feira, 12, acompanhada do governador Gladson Cameli, a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, visitou as obras e falou da importância da readequação do prédio.

“Com essa reforma será possível proporcionar um acolhimento mais humanizado às mulheres, crianças e adolescentes em situação de violência. Quem enfrentou ou está vulnerável a esse tipo de situação precisa encontrar na Polícia, no Judiciário e no Estado a proteção que precisa receber”, enfatizou.

O governador do Estado, Gladson Cameli, elogiou a atuação da primeira-dama junto às causas sociais e de proteção aos mais vulneráveis. Segundo ele, Ana Paula Cameli abraçou essa bandeira e graças ao apoio que tem recebido de diversas instituições, o Estado tem avançado nos resultados das ações.

“Ninguém faz nada sozinho. Se o Estado, o Judiciário, o Ministério Público e as prefeituras não andassem de mãos dadas, não construiríamos uma história como essa, da reforma e adequação dessa delegacia, além de tantas outras ações que temos conquistado durante esse governo”, reforçou.

Com o valor aproximado de R$ 400 mil, todos os ambientes da delegacia estão sendo readequados. Foto: Pedro Devani/Secom

Obra deverá ser entregue no próximo mês

Os recursos investidos na obra são originários da Fonte 100 e Fonte 200. Com o valor aproximado de R$ 400 mil, todos os ambientes da delegacia estão sendo readequados, e a previsão é de entregar a obra até o próximo mês de setembro, segundo o delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes.

A visita às dependências da delegacia foi guiada por ele e acompanhada por diversas autoridades, entre elas, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Eva Evangelista de Souza, a juíza auxiliar da Presidência do TJAC, Andréa Brito, a delegada de Polícia Civil, Márdhia El Shawwa, a procuradora-geral e o procurador de Justiça do Ministério Público do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo e Sammy Barbosa, respectivamente, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Rocha e o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima.

Josemar Portes endossou as palavras da primeira-dama e disse que o acolhimento às vítimas de violência precisa ser minimamente adequado e, para isso, além da melhoria da estrutura física, o fluxo interno será readequado, o que também dará mais agilidade na tramitação dos procedimentos investigativos.

“A vítima já sofre muito com a ação de violência, então o órgão oficial de defesa dessa vítima deve buscar minimizar o máximo possível esse trauma, lhe oferecendo um atendimento humanizado, com um fluxo adequado para que essa vítima se sinta acolhida pelo Estado, por meio do poder policial”, reforçou.

Para a desembargadora Eva Evangelista, que é coordenadora Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, a reforma e ampliação da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente é uma demonstração de compromisso necessário para que os integrantes do Sistema de Justiça possam continuar atuando de forma eficiente. “Fico muito feliz com essa conquista que é para toda a região do Juruá e que representa o avanço no combate à violência contra a mulher, a criança e o adolescente”, observou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.