23.3 C
Rio Branco
25 setembro 2021 1:37 am

Felipe Massa opina sobre possível título de Verstappen

Em um país que foi berço de Felipe Massa e Ayrton Senna, é difícil não se enxergar na corrida - e se emocionar com a bandeira brasileira no final

POR REDAÇÃO

Apesar de estar longe das pistas de Fórmula 1, Felipe Massa continua acompanhando a emoção que envolve as corridas. Até porque, o piloto não se aposentou, apenas mudou de modalidade – da Fórmula 1 para a Stock Car.

Em uma entrevista ao site de apostas online Betway, Massa contou qual é o seu palpite para o futuro do esporte. Confira a seguir os principais pontos que ele falou!

Verstappen já é um campeão

Atualmente, o maior destaque das pistas é o britânico Lewis Hamilton. Aos 36 anos de idade, o piloto é heptacampeão da categoria e está prestes a se tornar o maior campeão de todos os tempos – superando até Michael Schumacher.

Por conta disso, Hamilton é o favorito dos sites de apostas online. Afinal, o público espera que o piloto ganhe os próximos torneios, uma vez que tem dominado os principais campeonatos mundiais.

Porém, isso não significa que o britânico tenha ganhado as pistas sozinho. Apesar do grande número de vitórias, o piloto possui concorrentes à altura e que o desafiam a cada corrida. Ou seja, está cada vez mais difícil levantar a taça, por conta do nível e profissionalismo das outras equipes.

Um dos principais concorrentes é o holandês Max Verstappen. Embora ainda não tenha conquistado um título, ele vem em uma crescente que surpreende o público e profissionais, como o próprio Felipe Massa.

Na opinião do brasileiro, Verstappen é um campeão sem título. Então, é questão de tempo para que o novato ganhe as pistas de verdade. Mesmo sem ter um título, já é um campeão. Extremamente talentoso”, afirma Massa.

Disputa faz bem à categoria

Além de apostar no futuro do holandês, Massa acredita que é interessante que haja mais um piloto em destaque. Afinal, o público quer ver emoção nas pistas, e a ansiedade de saber quem irá ganhar é o que faz a Fórmula 1 ser o que é.

“Em qualquer esporte, quando tem só um vencedor, faz mal para a categoria. As pessoas querem ver disputa, e é isso que estamos vendo dessa vez”, afirma o piloto que hoje está na Stock Car.

Por falar em disputa, algo que tem gerado desconforto ao brasileiro é a falta de representatividade do país. Felipe Massa foi o último brasileiro que fez parte do grid da Fórmula 1, em 2017. De lá para cá, o público tem torcido para outros países, como Inglaterra, Holanda e Espanha.

Em um país que foi berço de Felipe Massa e Ayrton Senna, é difícil não se enxergar na corrida – e se emocionar com a bandeira brasileira no final. Mas isso não quer dizer que não seja possível acompanhar e curtir os novos pilotos que têm brilhado nas pistas, e torcer por novos pódios.

 

 

 

 

 

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.