32.3 C
Rio Branco
25 setembro 2021 2:24 pm

Gladson Cameli prestigia abertura do novenário de Cruzeiro do Sul; FOTOS

POR ASCOM

Última atualização em 06/08/2021 15:38

A abertura da 103ª edição do Novenário de Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul, foi prestigiada por Gladson Cameli, na noite desta quinta-feira, 5. O governador acompanhou, do imponente templo da Catedral de Nossa Senhora da Glória, a missa que deu início àquela que é considerada a maior festa religiosa do Acre e a segunda da Região Norte.

Acompanhado do prefeito Zequinha Lima e de outras autoridades locais, Cameli participou do hasteamento da bandeira nacional e aproveitou para deixar uma mensagem de esperança e união ao povo acreano.

“Eu só agradeço a Deus por essa oportunidade de renovar a fé e a esperança. Observei o semblante de algumas pessoas e as vi chorando a dor de alguém que se foi nessa pandemia. É emocionante e levarei desse momento a certeza de que buscarei sempre fazer o melhor. Aproveito a oportunidade e convoco a sociedade para que possamos nos unir, pensar no próximo e ter a ciência de que muito ainda é preciso fazer. Unidos somos mais fortes! Viva a vida! Vida às pessoas!”, celebrou o governador.

O evento, que tem como tema Nossa Senhora da Glória, Mãe de Deus, Auxílio do Povo, terá a realização de missas diárias, que serão celebradas na Catedral Nossa Senhora da Glória e também por meio de lives.

“Teremos duas semanas de atividades, com encerramento dia 15 de agosto. As missas foram abertas aos fiéis, mas apenas 50% da capacidade será atendida. Todos os dias, às 9h, às 15h e às 18h30 teremos programação. Tudo foi pensado levando em consideração as regras de controle da pandemia”, disse o bispo Dom Flávio Giovenale.

Uma das novidades da festa é a inclusão de um dia para lembrar cruzeirenses, que foram vítimas da Covid-19 neste ano.

“No dia 9 de agosto, faremos um painel com fotografias de todos os cruzeirenses que faleceram em decorrência da Covid-19, neste ano. Assim, as pessoas terão uma noite para lembrar do seu ente querido, que se foi neste difícil momento de pandemia” relatou o bispo.

Pelo segundo ano consecutivo, o Novenário de Cruzeiro do Sul não terá procissão e nem o show de encerramento.

“Para o último dia, programamos uma carreata de 16 km, que se estenderá até o Hospital do Juruá e encerraremos com uma live”, informou Giovenale.

O governador garantiu presença na festa de encerramento do Novenário.

Fotos: Marcos Santos/Secom

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.