24.3 C
Rio Branco
23 setembro 2021 9:10 pm

Prefeitura de Cruzeiro do Sul quer adaptar antiga sede em espaço para Conselhos Municipais

POR JURUÁ ONLINE

Última atualização em 27/08/2021 15:18

Quando foi feita a mudança do prédio antigo da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, que fica no centro da cidade para as dependências da Universidade Unopar, a informação era que, alguns Conselhos Municipais que estavam em prédio alugado seriam transferidos para lá.

O conselho tutelar por exemplo, o ex prefeito Ilderlei Cordeiro informou que ele iria funcionar também nesse espaço da prefeitura. No entanto, esses conselhos continuam em prédios alugados, inclusive o Conselho Tutelar está em novo prédio, sendo que o município paga cerca de 5 mil reias por mês de aluguel.

De acordo com o procurador geral do município de Cruzeiro do Sul, Rafael Sansom, há uma judicialização em relação a troca dos prédios da antiga Biblioteca Municipal e da Secretaria Municipal de Educação pela Universidade Unopar, ainda do ano passado e com isso, algumas coisas estão suspensas por órdem judicial.. Hoje, a prefeitura antiga precisaria passar por uma reforma de adaptação, para que recebesse o conselho tutelar”, explicou.

“Nós ainda não conseguimos fazer essa adaptação porque estamos aguardando a definição da justiça, para verificar se realmente vai se poder adaptar tudo certinho e a liberação na justiça para fazer isso”, ressaltou.

A troca dos imóveis foi feita, mas ainda tem um processo judicial em andamento, para que seja explicado o que aconteceu, como é que se deu essa troca. E por falta de processo estatuário e até por falta de verba, a prefeitura não conseguiu passar por uma reforma que atendesse. E o Conselho Tutelar, estava num local bem inadequado para as funções, então nós precisamos resolver com mais urgência a situação do Conselho Tutelar. E hoje, eles têm realmente um ambiente salubre para trabalhar e a intenção é que se mantenha dessa forma para que o Conselho Tutelar faça o serviço”, garantiu Sanson.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.