27.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 10:42 am

Butantan publica nota sobre lotes interditados pela Anvisa enviados ao Acre e afirma: “Os imunizantes são seguros”

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, PARA CONTILNET

Última atualização em 04/09/2021 16:58

Após nota do Ministério da Saúde publicada na manhã deste sábado, 4, sobre interdição pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de lotes com mais de 12 milhões de doses de Coronavac, o Instituto Butantan também publico uma nota afirmando que as doses são seguras.

VEJA TAMBÉM: Ministério da Saúde interdita lote de vacina contra Covid-19 enviado ao Acre; entenda

De acordo com a nota do Butantan, a medida da Anvisa não deve causar alarmismo, uma vez que o próprio Instituto comunicou à agência sobre o envasamento em laboratório não autorizado pela Anvisa. “Foi o próprio Instituto que, por compromisso com a transparência e por extrema precaução, comunicou o fato à agência, após atestar a qualidade das doses recebidas. Isso garante que os imunizantes são seguros para a população”, diz trecho da nota.

Em outro trecho da nota, o Instituto Butantan afirma ter encaminhado à Anvisa há 15 dias toda documentação necessária para certificar o processo de produção dessas doses. “Caso necessário, pode complementar a solicitação com mais dados, inclusive da Sinovac, caso a agência julgue necessário. A vacina do Butantan é o imunizante mais seguro à disposição do Programa Nacional de Imunizações (PNI), por causa da sua plataforma de vírus inativado”.

O Acre está na lista dos estados que receberam alguns desses lotes que foram interditados pela Agência. “A Anvisa, de forma cautelar solicitou a suspensão do uso dessas vacinas” diz a nota publicada pelo Ministério da Saúde.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.