21.3 C
Rio Branco
10 setembro 2021 11:19 am

Concurso Caixa terá vagas para técnico tradicional e da área de TI

Assim como a seleção do Banco do Brasil, o concurso Caixa 2021 também contará com oportunidades para técnico bancário tradicional e de TI.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 10/09/2021 11:19

 concurso Caixa 2021  terá mil vagas para Pessoas com Deficiência (PcDs), no  cargo de técnico bancário . No entanto, a novidade confirmada pela estatal é que, assim como a seleção do Banco do Brasil, também haverá oportunidades para dois perfis profissionais no próximo edital.

Conforme o extrato de contrato publicado no dia 31 de agosto, que oficializa a Fundação Cesgranrio como banca organizadora , o concurso contará com vagas imediatas e para a formação de um cadastro de reserva, nos seguintes perfis profissionais:

  • técnico bancário novo, em âmbito nacional; e
  • técnico bancário novo – Tecnologia da Informação (TI), para o polo do Distrito Federal (DF).

Apesar da previsão de atuação na área de TI, os requisitos para ingresso no cargo se mantêm. Desta forma, os candidatos precisarão apresentar o nível médio completo. Além disso, por ser uma seleção exclusiva à PcDs, o concorrente deve se enquadrar nessa condição.

Os aprovados terão ganhos iniciais de R$3 mil, para jornada de 30 horas, conforme consta no site da Caixa. Com os benefícios, no entanto, esse valor pode chegar a, aproximadamente, R$4.486,03. Confira!

  • auxílio refeição/alimentação – R$831,16 (já somado no valor de R$4.486,03)
  • auxílio cesta/alimentação – R$654,87 (já somado no valor de R$4.486,03)
  • auxílio 13ª cesta alimentação – R$654,87
  • auxílio creche/babá – R$502,98
  • possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;
  • participação nos lucros e nos resultados;
  • possibilidade de participação em plano de saúde e em plano de previdência complementar;
  • possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento;
  • programas de preservação da saúde, qualidade de vida e prevenção de acidentes.

O regime de contratação do banco é o celetista, por isso o contrato de trabalho terá o FGTS como direito, assim como outras garantias.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, como é preciso ter agências em todo país, é possível que o próximo edital conte com  vagas em todas as regiões .

“As pessoas com deficiência farão um concurso com mil (vagas). Tem que abrir agências em todos os estados”, disse o presidente.

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Caixa Econômica Federal
  • Cargos: técnico bancário e técnico bancário em TI
  • Vagas: mil para PcDs
  • Requisitos: nível médio
  • Remuneração: a partir de R$3 mil
  • Banca: Cesgranrio
  • Edital: setembro de 2021

Concurso Caixa está previsto para este mês

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), o edital do concurso está previsto para este mês. De acordo com o banco, a seleção ocorrerá com base na Lei 8.213/1991, que determina que a empresa tenha, no mínimo, 5% de PcDs no seu quadro de pessoal.

“O banco ainda não atingiu esse percentual mandatório”, explicou a Caixa.

Em relação às vagas oferecidas para PcDs no último edital, a instituição explicou que já convocou todas as pessoas com deficiência aprovadas na época, por isso conta com oportunidades para o próximo concurso.

“Sim, todos os aprovados foram convocados. Não há candidatos no cadastro de reserva”, disse.

Já sobre as vagas para a ampla concorrência, a Caixa explicou que não pode oferecer essas oportunidades porque está impedida em razão de uma liminar vigente no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF/TO), que estendeu a validade do edital de 2014.

Veja quem poderá se inscrever no concurso Caixa

Ainda segundo a CEF, poderão participar do concurso todas as pessoas que se enquadrem, legalmente, na condição de pessoa com deficiência, conforme os termos do artigo 4º do  Decreto n. 3.298/1999  e da  Súmula 377 do STJ .

Desta forma, é considerada pessoa portadora de deficiência a que se enquadra nas seguintes categorias:

I – deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções;

II – deficiência auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500HZ, 1.000HZ, 2.000Hz e 3.000Hz;

III – deficiência visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60o; ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores;

IV – deficiência mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos 18 anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como:

  • comunicação;
  • cuidado pessoal;
  • habilidades sociais;
  • utilização da comunidade;
  • utilização dos recursos da comunidade;
  • saúde e segurança;
  • habilidades acadêmicas;
  • lazer; e
  • trabalho;

V – deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências.

Além destas, pela súmula, o portador de visão monocular tem direito de concorrer, em concurso público, às vagas reservadas às PcDs.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.