24.3 C
Rio Branco
15 setembro 2021 7:38 am

Hélio Laniado explica o que é e como funciona uma consultoria financeira

POR ASCOM

Última atualização em 13/09/2021 19:21

Ao falarmos em finanças, sabemos que o planejamento financeiro é um dos principais pilares, tanto para as pessoas quanto para as organizações, para se buscar um bom desempenho econômico.

Em tese, esse planejamento financeiro, na maioria das vezes, precisa da ajuda de profissionais da área, inclusive para que as tomadas de decisão sejam as mais assertivas possíveis. É neste momento que consultamos uma Consultoria Financeira.

Resumidamente falando, uma consultoria financeira nada mais é do que um serviço prestado por profissionais da área que ajudarão seus clientes a lidar com suas finanças, inclusive com aconselhamentos referentes a investimentos.

Mas não é só isso. Este consultor financeiro também auxiliará seus clientes informando-os sobre as tendências econômicas da atualidade, as mudanças que estão no radar bem como a própria legislação vigente e os possíveis riscos relacionados.

Para o especialista em investimentos Hélio Laniado, o “cliente” poderá ter uma visão mais detalhada de suas próprias finanças, investimentos e outros, recebendo informações seguras e precisas do consultor para que possa tomar suas decisões de forma consciente.

Vamos entender melhor como tudo isso funciona? Acompanhe abaixo diversas dicas do renomado especialista em finanças Hélio Laniado.

 

O que é uma Consultoria Financeira?

Como já adiantado logo acima, a consultoria financeira visa auxiliar o cliente a organizar suas finanças, influenciando positivamente na tomada de decisões.

O serviço consiste basicamente em uma avaliação aprofundada da real situação financeira da pessoa, família ou empresa, buscando sempre as melhores soluções e estratégias possíveis para o alcance dos objetivos propostos.

Segundo Hélio Laniado a função propõe análises e planejamentos, realizados pelo profissional consultor financeiro, para que seja possível traçar as melhores estratégias financeiras e de investimentos visando, como já dito, os objetivos a serem alcançados.

Por esse motivo, é de suma importância que este profissional consultor financeiro trabalhe absolutamente alinhado com os objetivos de seus clientes, afastando qualquer tipo de conflito de interesse.

Isso dará à pessoa ou organização total segurança e confiabilidade de que este profissional estará buscando sempre o melhor possível, em termos financeiros.

 

Porque é importante contratar uma Consultoria Financeira?

Para Hélio Laniado qualquer projeto que se pretenda empreender tem poucas chances de sucesso se não houver, antes, um bom planejamento. Isso vale também para o sucesso em um empreendimento empresarial ou pessoal, onde se faz necessário um bom plano financeiro.

Uma consultoria financeira profissional se faz importante exatamente por conta disso, ou seja, irá indicar diretrizes precisas e seguras para que se possa administrar suas finanças de forma mais assertiva, otimizando recursos, apontando os melhores investimentos e, por consequência, viabilizando e aumentando a rentabilidade.

Além disso, como estará atuando diretamente com as finanças pessoais e/ou empresariais, poderá também apontar a direção que se está indo, para que se possa tomar as medidas necessárias em tempo hábil, mudando os rumos ou não, conforme os resultados financeiros que serão obtidos.

 

 

 

 

Conheça os principais serviços de uma Consultoria Financeira

Uma consultoria financeira pode ser executada tanto em âmbito empresarial como pessoal, sendo necessária e indispensável em pequenas, médias e grandes empresas.

 

·        Uma consultoria Financeira Empresarial

Esse tipo de consultoria terá total foco na melhora da estrutura e gestão financeira da organização, atuando diretamente nos problemas e soluções relacionadas à situação financeira da empresa.

 

 

O Consultor Financeiro Empresarial atuará diretamente em:

 Planejamentos financeiros da empresa.

 Diagnósticos econômico-financeiros.

Melhorias da gestão financeira da organização.

Análises criteriosas e gestão de custos.

Formação de preços, propondo adequações (ou não).

Definição do valor financeiro da empresa.

Auditoria financeira da organização.

Análises de viabilidade econômico-financeira da empresa.

 

·        Uma Consultoria Financeira Pessoal

Todos nós, de certa forma, acreditamos saber administrar nosso próprio dinheiro, só que na prática os resultados nem sempre são satisfatórios, o que requer sim um consultor financeiro para auxiliar na melhoria da organização financeira pessoal, propondo estratégias de investimento e mudanças de hábitos.

O Consultor Financeiro Pessoal (pessoa física) atuará em:

Coaching financeiro personalizado.

Controle orçamentário visando organizar as finanças pessoais.

Análise e gestão de dívidas, visando aconselhamentos e ações pertinentes.

Melhor gestão financeira familiar.

Planejamento de investimento financeiro.

Planejamento de aposentadoria, visando uma estabilidade financeira futura.

 

Quais as reais vantagens de se contratar uma Consultoria Financeira?

Respondendo à pergunta acima de uma forma direta, a Consultoria Financeira será responsável por trazer diversos reflexos positivos para a saúde financeira pessoal e empresarial, de uma maneira geral.

Além disso, vai garantir maior resistência e adequação a possíveis crises econômicas e um aumento significativo da longevidade da organização. Abaixo, reunimos 4 destes reflexos:

  1.   Maior lucratividade e estabilidade financeira: tanto no que diz respeito às finanças pessoais como organizacionais, haverá um maior controle de gastos e as decisões serão severamente mais assertivas, favorecendo uma maior estabilidade financeira (civil) como uma maior lucratividade (jurídica).
  2.   Maior domínio e conhecimento sobre as próprias finanças pessoais e empresariais, favorecendo o seu controle.
  3.   Desenvolvimento de diagnósticos e planos de ação personalizados, indicando as soluções mais adequadas a cada caso.
  4.   Diminuição de burocracias e dificuldades na gestão financeira. Em outras palavras, você e/ou sua empresa irão focar no que realmente importa que é o seu crescimento.

 

O Perfil do Consultor mais apropriado

Já é possível compreender a importância e relevância de contar com uma consultoria financeira, para você ou sua organização. No entanto, é preciso também contar com a empresa ou o profissional certo, para que seus objetivos financeiros possam ser alcançados.

Este profissional precisa ser preferencialmente reconhecido no mercado financeiro e que tenha:

Conhecimento aprofundado e reconhecido sobre a matéria (experiência);

Estar sempre atualizado;

Ter capacidade crítica e analítica;

Ter reconhecida liderança;

Apresentar uma boa comunicação;

Ter total transparência;

Apresentar reconhecida eficiência no mercado financeiro;

Ser Disciplinado.

Hélio Laniado, sem dúvida alguma, é um bom exemplo deste profissional, pois trabalha como assessor e empreendedor financeiro desde 1997, lhe conferindo plenos e reconhecidamente sólidos conhecimentos sobre o mercado financeiro e finanças.

Conhecendo um pouco mais de Hélio Laniado

Como já dito, inclusive, Hélio Laniado é um profissional que atua no mercado financeiro desde 1988. Se formou na 1ª turma do curso de Cambio Flutuante da ANBIMA, quando do lançamento do Plano Collor, por volta de 1990.

No entanto, bem antes disso, já era membro de mesas de trading de dívida externa, o que, futuramente, veio a lhe conferir conhecimentos, visão de mercado e experiência na matéria.

Além disso, Laniado atuou e ainda atua auxiliando inúmeras empresas e pessoas físicas em seus planejamentos financeiros, com diversos projetos de médio e longo prazos, além também de conhecer muito bem o mercado de investimentos, sendo um especialista em gestão de crises.

Ao pensar em contratar um consultor financeiro, lembre-se de ter sempre ao seu lado o profissional certo para cuidar de suas finanças, pois isso lhe dará maior tranquilidade e confiabilidade no que está sendo feito. 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.