41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 12:51 pm

Laxante para emagrecer – Será que funciona? Vale a pena mesmo?

POR PUBLIEDITORIAL

Última atualização em 09/09/2021 12:49

Um laxante para emagrecer pode ser uma escolha meio “hardcore”, mas apesar disso muitas pessoas ainda recorrem ao remédio que estimula o intestino, mas com finalidades de emagrecimento.

Sabemos bem que induzir o emagrecimento de forma forçada como isso que estamos mencionando não é a maneira mais correta de se perder peso. Vale mais a pena visitar o site oficial do Detox Caps e comprar um produto 100% natural.

Mas, e como age um laxante para emagrecer? Quais são os seus efeitos em nosso organismo para a perda de peso? Será que realmente vale a pena fazer seu uso? Sobre isso falaremos no decorrer desse conteúdo. Portanto, leia conosco e compreenda sobre o assunto!

Como funciona um laxante para emagrecer?

Os laxantes são um tipo de medicamento usado para tratar a constipação, estimulando os movimentos intestinais, conforme já foi mencionado anteriormente. Quase todas as pessoas sofrem de prisão de ventre ao longo da vida.

Existem cerca de um bilhão de causas que podem causar constipação, incluindo problemas de dieta (muito pouca fibra na alimentação ou muito leite), certos medicamentos (antidepressivos), mudanças no estilo de vida (viajar, não ir ao banheiro quando há estímulo), patologias (hipotireoidismo, SII), e até mesmo estresse.

A constipação pode causar complicações, como hemorroidas ou fissuras anais em casos mais graves onde se perde o controle da patologia.

Algumas mudanças no estilo de vida, como comer mais alimentos ricos em fibras, praticar exercícios regularmente como passear com seu cachorro adestrado e beber bastante água, devem ser o primeiro passo. Não subestime a nutrição e o esporte.

Mas às vezes, é necessário um empurrãozinho extra. É aqui que o laxante para emagrecer entra em jogo. Para o tratamento ocasional da constipação, eles podem ser considerados inofensivos, mas o mesmo não é verdade para a perda de peso.

Os diferentes tipos de laxante

Na verdade, existem cinco tipos principais de laxante, e todos eles têm efeitos diferentes. Alguns tipos estão disponíveis na forma oral e na forma de supositório. Veja como eles funcionam:

  • Estimulantes: esta classe de laxantes desencadeia contrações dos músculos das paredes intestinais para mover as substâncias residuais ao longo do trato gastrointestinal, resultando na eliminação. Eles estão disponíveis em formas orais e como supositório retal;
  • Osmóticos: atuam extraindo água do tecido corporal próximo ao cólon para amolecer as fezes e estimular a ação intestinal;
  • Agentes de volume: esses suplementos de fibra absorvem os líquidos nos intestinos e aumentam de tamanho para formar resíduos volumosos, cuja presença estimula a evacuação normal;
  • Lubrificantes: este tipo utiliza óleos, como o óleo mineral, para revestir tanto o intestino quanto as fezes, mantendo assim mais lubrificados e podendo passar pelo trato com mais facilidade. Eles também estão disponíveis na forma de supositório retal;
  • Amaciantes: ajudam a reduzir o estresse, auxiliando as substâncias residuais a serem mais fluidas.

Laxante para emagrecer: funciona?

Conforme já mencionamos, tomar um laxante para emagrecer não é recomendado por nenhum médico e pode ser prejudicial ao nosso organismo.

Infelizmente, por vários anos, algumas pessoas recorreram a maneiras “incomuns” de perda de peso. Infelizmente, os laxantes para muitas pessoas parecem ser a resposta para seus problemas.

A primeira coisa a entender sobre o uso de laxante para emagrecer é que, embora eles possam ajudar a digerir os alimentos um pouco mais rápido do que o normal, usá-los regularmente causa sérios problemas.

Em segundo lugar, se você sofre de prisão de ventre, existem outras maneiras de abrir os intestinos e aliviar a tensão no local. Por exemplo, beber muita água é a maneira mais natural de aliviar a constipação.

Recomendamos que você beba antes e depois das refeições e pelo menos oito copos por dia, e integre mais alimentos ricos em fibras em sua dieta, porque eles ajudam a acelerar a evacuação.

Laxantes para emagrecer: uma boa ideia?

A lista de razões para não tomar laxantes incorretamente pode ser muito longa. Entendemos que nunca é uma boa ideia.

Além dos motivos que já citamos, é bom saber que, se você estiver tomando qualquer tipo de medicamento, os laxantes podem, na verdade, torná-lo menos eficaz. Em muitos casos, eles também podem anular qualquer efeito que a droga possa ter sobre o seu corpo. Este é outro grande motivo para evitá-los.

A única coisa que você perderá tomando laxantes é água, assim como fluidos corporais. De qualquer forma, não o ajudará a perder peso ou queimar gordura.

Para ficar mais magro e perder peso, você precisa queimar gordura e não perder fluidos corporais. Ao tomar laxante para emagrecer, seu corpo ficará desidratado e, quando isso acontecer, o corpo perderá boa parte da água necessária para seu bem-estar.

Ao tomar laxantes e ativar esse mecanismo, você pode ser enganado ou induzido a pensar que perdeu peso, mas na verdade não eliminou a gordura.

Consequências de usar laxante para emagrecer

Desidratação

Conforme mencionado acima, quando o corpo fica perde muita água devido a um laxante, ele começa a desidratar e isso aciona um mecanismo pelo qual o corpo começa a armazenar água para sobreviver.

Esse mecanismo, mais conhecido como retenção de água, fará você se sentir inchado e fará com que seu peso e volume abdominal aumentem.

A verdade é que se você usar laxantes para tentar emagrecer, além de causar danos ao seu corpo, vai acabar pesando mais. Evite tomar laxantes a todo custo porque não só você vai acabar ficando mais pesado, mas vai acabar se prejudicando.

Perda de peso, sim, mas não da forma que esperava

A ação do laxante só pode lhe dar uma ilusão, porque na realidade você não vai perder peso, mas vai perder apenas fluidos, que são essenciais para o seu corpo. Dessa forma você vai desidratar e começar a reter líquidos, o que causará o efeito inverso, ou seja, você ficará mais inchado e mais pesado.

E no longo prazo?

Os laxantes, se usados em longo prazo, podem causar um problema de dependência muito sério, que por sua vez pode levar a distúrbios alimentares igualmente graves.

Isso pode levar a pessoa a um túnel sem fim, e pode levar anos para retornar à vida normal, com a ajuda de profissionais da área. Resumindo: não use laxante para emagrecer. Até a próxima!

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.