32.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 3:42 pm

Alec Baldwin foi visto chorando ao sair da delegacia onde depôs sobre incidente que matou diretora de fotografia

POR O GLOBO

Última atualização em 22/10/2021 12:31

Alec Baldwin foi visto “em lágrimas” do lado de fora da delegacia de Santa Fé, no Novo México (EUA), após depor sobre o incidente que matou uma diretora de fotografia da equipe do filme “Rust”. O ator falava ao telefone. Nesta quinta-feira, a cineasta Halyna Hutchins foi atingida por um tiro disparado por uma arma cenográfica. A mulher de 42 anos chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

A atriz Frances Fisher lamentou a morte de Halyna Hutchins e a irmã de Brandon Lee, morto a tiro durante filmagem, também comentou a tragédia com Alec Baldwin: ‘Nossos corações estão com a família de Halyna Hutchins’.

O diretor do filme, Joel Souza, também foi atingido e levado para o hospital, mas já recebeu alta. As autoridades policiais confirmaram que os disparos foram feitos pelo ator Alec Baldwin, de 63 anos. De acordo com a imprensa local, o ator foi visto do lado de fora da delegacia, na noite de quinta-feira, chorando e visivelmente perturbado enquanto falava ao telefone.

Leia mais em O Globo.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.